sicnot

Perfil

Desporto

UEFA analisa sistema para daltónicos na Taça da Liga

Exemplo da utilização do código nas acessibilidades de estádios

Color Add

A UEFA observou esta quarta-feira em Faro a implementação do sistema de identificação de cores para daltónicos na bilhética, sinalética e outros materiais gráficos da fase final da Taça da Liga em futebol, que decorre até domingo no Estádio Algarve.

Segundo nota da Liga de clubes, a diretora da UEFA para a área da Responsabilidade Social, a suíça Monica Namy, está em Faro acompanhada por Kathryn Ward, da Colour Blind Awareness, organização britânica não-governamental que coopera com a UEFA no que diz respeito a matérias relacionadas com o daltonismo.

O designer português Miguel Neiva, criador do sistema Color Add, foi também recebido pelas duas responsáveis.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) diz que esta é uma "ação pioneira a nível mundial": o código ColorADD, sistema destinado a auxiliar os daltónicos com base nas três cores primárias (amarelo, azul e vermelho), será visível na sinalética do Estádio Algarve, na bilhética e na credenciação.

Os uniformes dos elementos do 'staff' da LPFP e dos participantes em várias atividades paralelas da 'final four', bem como o Jogo das Lendas, Torneio Inter-Escolas e Corrida do Adepto também utilizarão o sistema.

O código recebeu, desde o início do milénio, a Medalha de Ouro da Comemoração da Declaração Universal dos Direitos do Homem, o Prémio de Acessibilidade aos Transportes pelo IMTT, ambos em 2012, a Medalha Municipal de Mérito -- Grau Prata atribuído pela Câmara Municipal do

Porto e uma Menção Honrosa atribuída pela APMP, ambos em 2013.

O daltonismo, perturbação da perceção visual caracterizada pela incapacidade de diferenciar todas ou algumas cores, é uma limitação não visível, incurável, transmitida hereditariamente e que afeta cerca de 350 milhões de pessoas em todo o Mundo, maioritariamente homens.

Esta quarta-feira disputa-se o Vitória de Setúbal - Sporting de Braga, enquanto quinta-feira decorre o Moreirense-Benfica, também às 20:45: a final decorre domingo.

Lusa

  • "O favoritismo tem de ser provado é amanhã"
    0:41

    Desporto

    O Benfica venceu 7 das 9 edições da Taça da Liga e por isso é o favorito à conquista do troféu deste ano. Rui Vitória diz que esse favoritismo tem de ser provado dentro de campo e prepara o jogo com o Moreirense com quatro baixas na equipa. Na véspera de jogar a meia-final da Taça da Liga, André Horta, Mitroglou, Fejsa e Grimaldo não treinaram com a equipa mas de regresso está Raul Jímenez. O avançado mexicano treinou sem limitações, nos 15 minutos abertos à comunicação social e pode ser opção para o encontro de quinta-feira no Algarve. O jogo vai ter arbitragem de Tiago Martins, de Lisboa.

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06
  • Menos casos de sida em Portugal
    1:44