sicnot

Perfil

Desporto

Jackson diz que FC Porto já passou momentos piores

Jackson Martínez recordou esta quarta-feira os momentos vividos como futebolistas do FC Porto e disse que a equipa já passou por situações piores do que a atual, quando Vítor Pereira era treinador, e ainda assim sagrou-se campeã nacional.

O avançado colombiano, que atualmente no Guangzhou Evergrande, da China, contou ao Porto Canal que sente saudades do tempo passado ao serviço do FC Porto e enumerou alguns momentos marcantes que, na sua opinião, mostraram a união e a mística que sentiu no seio do grupo."Histórias há muitas, mas a que mais recordo foi a do tricampeonato.

Lembro-me bem da convicção que tinha o Vítor Pereira. Nós estávamos cinco pontos atrás do Benfica, e ele, numa altura em que faltavam mais ou menos dez jogos para o fim do campeonato, dizia sempre nas palestras: 'Nós vamos ser campeões'", começou por revelar o jogador numa visita que fez à cidade do Porto, onde esteve em tratamento a uma lesão.

Jackson Martinez admitiu que a postura do treinador foi decisiva para que o grupo se acreditasse na conquista do título, pela "certeza que transmitiu a cada um".

"Ele tinha essa certeza, mas era difícil. Ele mantinha a mesma convicção. A cada treino era como se estivéssemos só a um ponto. E foi muito importante quando o Benfica empatou com o Estoril em casa. A partir daí foi uma força muito grande. E também tenho lembranças daqueles tempos difíceis no FC Porto e de como o grupo se unia", recordou o avançado, falando de "anos muito gratificantes de muita aprendizagem e de muita evolução".

Jackson Martínez revelou ainda que o melhor golo que marcou de 'dragão' ao peito foi de calcanhar contra o Sporting e lembrou os colegas Lucho González, James Rodríguez e Otamendi.Sobre a passagem pelo Atlético de Madrid, clube para o qual se transferiu depois do FC Porto, o colombiano não guarda boas recordações, lamentando os momentos menos bons no clube espanhol.

"Havia uma grande expetativa e um apoio muito grande por parte da direção, do treinador, e as coisas começaram a não correr muito bem. Quando tive a lesão foi quando eu estava a começar a estar muito melhor, a estar adaptado. Mas tu precisas de te adaptar a um estilo de jogo e claramente eu não me adaptei. Foi triste, quando saí, ouvir colegas a dizer que eu não estava comprometido com a equipa. Foi algo estranho, porque se há uma coisa que sempre tentei fazer foi ser profissional ao máximo", explicou.

Seguiu-se a ida para a China e também aí Jackson Martinez não sentiu confiança no passo dado, afirmando que que passou os três dias mais difíceis da carreira depois de assinar pelo Guangzhou Evergrande.

"Foram dias muito tensos. Havia gente a dizer que o Jackson Martinez decidiu ir para a China, que preferiu o dinheiro à glória. O que posso dizer é que eu não procuro a glória, nem tão pouco a minha vida é guiada pelo dinheiro", finalizou.

Lusa

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • Sociedade de Pneumologia recomenda cuidados com calor e incêndios

    País

    A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) alertou esta quarta-feira para os riscos respiratórios decorrentes dos incêndios e temperaturas elevadas, sobretudo para quem sofre de doenças crónicas, propondo medidas preventivas e recordando o aumento de mortalidade associado ao calor.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14
  • Mulher vive sozinha numa ilha há 40 anos

    Mundo

    Zoe Lucas é a única pessoa a viver numa ilha canadiana, no norte do Atlântico. Nas últimas quatro décadas, a mulher de 67 tem partilhado a ilha Sable com cerca de 400 cavalos selvagens e 350 espécies de pássaros.