sicnot

Perfil

Desporto

Mónaco vence Nice com bis de Falcao

O Mónaco isolou-se este sábado na liderança da Liga francesa de futebol, ao receber e vencer o Nice por 3-0, com dois golos de Falcao para a equipa comandada por Leonardo Jardim, em jogo da 23.ª jornada.

Com Bernardo Silva a titular e João Moutinho a entrar na segunda parte, o Mónaco conseguiu, no espaço de uma semana, destacar-se dos principais rivais, após o empate no terreno do Paris Saint-Germain (1-1), no domingo.

O triunfo de hoje dos monegascos começou a ser construído na segunda metade, com Germain a fazer o primeiro golo aos 47 minutos, num lance em que a defesa do Nice se preocupou em acompanhar Falcao.

Pouco depois, aos 60, seria mesmo o internacional colombiano a marcar, mostrando que volta a recuperar a faceta de goleador de outros tempos, e aos 81, num movimento similar -- com Mendy a cruzar da esquerda, fez o 3-0.

O Mónaco tem agora 52 pontos, o Nice segue com 49, enquanto o Paris Saint-Germain, do ex-jogador do Benfica Gonçalo Guedes e que conta 46, ainda hoje visita o Dijon, 13.º classificado.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".