sicnot

Perfil

Desporto

Rio Ave demarca-se das suspeitas de manipulação de resultados

PAULO NOVAIS

O Rio Ave demarcou-se esta terça-feira das suspeitas de manipulação de resultados no encontro de segunda-feira com o Feirense, da 20.ª jornada da I Liga de futebol, e considerou que o esclarecimento da Santa Casa da Misericórdia pecou por tardio.

"Nas horas que antecederam o jogo com o Feirense, o Rio Ave foi surpreendido pelas notícias que veiculavam a tomada de posição do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (DJSCML) em suspender as apostas referentes a esta partida", começa por dizer o comunicado da equipa de Vila do Conde.

A nota explica que a direção, a equipa e respetivo 'staff' se encontravam em estágio para o jogo quando tomaram conhecimento, através da imprensa e redes sociais, do cancelamento das apostas no encontro da 20.ª jornada da I Liga, e das suspeitas de manipulação de resultados.

"O Rio Ave considera que o esclarecimento do DJSCML foi útil, mas tardio, já que na nossa perspetiva o mesmo deveria ter sido simultâneo à suspensão das apostas em causa, não permitindo alarmismos e esclarecendo a opinião pública e a imprensa", acrescenta.

O clube salienta que tem orgulho em ter nos seus quadros "atletas e profissionais íntegros e competentes, acima de qualquer suspeita, que diariamente são, como é do reconhecimento público, excelentes agentes promotores do desporto e do futebol em Portugal, bem como exemplos de cidadania".

"O Rio Ave demarca-se deste e qualquer assunto que desvirtue ou ponha em causa a verdade desportiva", diz o comunicado.

Os vila-condenses condenaram ainda a imprensa que, "ao noticiar o caso da forma como o fez, apresentando-o como ato passível de manipulação ou viciação de resultados", contribuiu para "um alarmismo geral, pondo em causa a honra, honestidade e integridade dos profissionais e instituições envolvidos".

Uma hora após anunciar o cancelamento das apostas, o DJSCML explicou, em comunicado, que suspendeu as apostas no Feirense-Rio Ave devido ao "volume atípico de apostas registados e ao risco financeiro envolvido".

O Feirense venceu o encontro, disputado no Estádio Marcolino Castro, em Santa Maria da Feira, por 2-1.

Lusa

  • Aeroporto Cristiano Ronaldo? Nem todos os madeirenses estão de acordo
    2:21
  • Fatura da água a dobrar
    2:26

    Economia

    Desde o início do ano que a população de Celorico de Basto está a receber duas faturas da água para pagar. Tanto a Câmara como a Águas do Norte reclamam o direito a cobrar pelo serviço. Contactada pela SIC, a Entidade Reguladora esclarece que o município não pode emitir faturas e tem de devolver o dinheiro.