sicnot

Perfil

Desporto

Jogadores do Rio Ave sentiram "honra e dignidade postas em causa"

Os jogadores do Rio Ave sentiram a sua "honra e dignidade postas em causa", na sequência dos incidentes com as apostas desportivas, na partida desta segunda-feira, frente ao Feirense, da I Liga portuguesa de futebol.

A ideia foi transmitida pelo avançado da equipa da foz do Ave, Gil Dias, partilhando que o plantel não gostou das notícias veiculadas sobre suspeições de viciação de resultado nesse desafio.

"Gostava perguntar às pessoas que trabalham como nós como se sentiriam se pusessem em causa a vossa honra e a vossa dignidade depois do que aconteceu?", partilhou o atacante à margem de uma visita feita pelo clube à Escola EB1 de Vila do Conde.

Gil Dias considerou, ainda assim, que "foi feito um grande filme à volta deste assunto", assegurando que o grupo de trabalho só no dia seguinte tomou consciência da dimensão mediática do caso.

"Quando estamos num jogo não ligamos ao que vem de fora. Estávamos apenas focados no objetivo de conquistar os três pontos", afirmou.
O jovem avançado do Rio Ave assegurou, no entanto, que nem a derrota averbada nesta partida frente ao Feirense [1-0] , nem a polémica relativa ao caso das apostas afetou a confiança da equipa.

"Estamos perfeitamente cientes que fizemos o nosso trabalho e que o grupo está unido. Nada nos afetou e só estamos a pensar no próximo jogo, frente ao Marítimo, em que temos o objetivo de vencer para nos aproximarmos do adversário na classificação", vincou Gil Dias.

Lusa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite