sicnot

Perfil

Desporto

Antiga estrela da NBA pede desculpa por agressão a adepto

O antigo basquetebolista dos New York Knicks, Charles Oakley, pediu esta quinta-feira desculpas pelos confrontos físicos em que se envolveu quarta-feira nas bancadas do Madison Square Garden, mas enjeitando responsabilidade pelos acontecimentos.

"Quero apresentar as minhas desculpas aos espetadores e a todos os que presenciaram a cena, mas não sou alguém que provoque problemas", declarou o antigo basquetebolista.

Charles Oakley foi detido na quarta-feira depois de se ter envolvido em confrontos físicos nas bancadas do Madison Square Garden, onde assistia ao jogo dos Knicks com os Los Angeles Clippers, da liga norte-americana de basquetebol (NBA), perto do proprietário da equipa nova-iorquina, James Dolan, com quem manteve sempre uma relação tensa.

Segundo um elemento das relações públicas da equipa de Nova Iorque, Oakley foi retirado do recinto e detido pela polícia nova-iorquina.

"Não falei com ele [James Dolan] , muito menos o insultei", disse Okley à rádio ESPN, sustentando que tudo começou quando foi abordado no interior do recinto por "oito a dez pessoas" que lhe deram instruções para abandonar o local.

Os Knicks acusam o antigo jogador do clube de se ter comportado "de forma inapropriada e abusiva" - "Foi um grande 'Knick' e esperamos que receba ajuda", referiu um responsável do clube.

"Dezenas de vigilantes, funcionários do Madison e polícias foram testemunhas do comportamento injurioso [de Oakley] , que começou logo desde que entrou e se prolongou até à sua detenção", indicou o clube.

Oakley, que começou a carreira em 1985, serviço dos Chicago Bulls, transferiu-se em 1988 para os New York Knicks, clube que representou durante dez anos.

Em 2004, abandonou a carreira, depois de defender as cores dos Houston Rockets por uma época. Na época 2010-2011, Charles Oakley teve uma curta experiência como adjunto nos Charlotte Bobcats.

Lusa

  • Antigo jogador da NBA envolvido em cenas de violência com adepto
    0:31

    Desporto

    O jogo desta quarta-feira entre os New York Knicks e os Los Angeles Clippers, na NBA, ficou marcado por um momento de tensão nas bancadas do Madison Square Garden. O antigo jogador dos Knicks, Charles Oakley, estava a assistir ao jogo quando se envolveu numa troca de palavras com um fã e com um responsável da equipa. Ambos discutiram e a segurança foi chamada para acalmar a situação. Oakley não gostou e confrontou os seguranças. O antigo jogador foi mesmo retirado do pavilhão e detido pela polícia. Esta época, ao contrário do que era esperado, os Knicks continuam a crise de resultados. No final do jogo, somaram mais um desaire, ao perderem por 115-119.

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.