sicnot

Perfil

Desporto

Inácio promete "fazer tudo" para vencer um Sporting "sem fragilidades"

O treinador do Moreirense, Augusto Inácio, prometeu este sábado "fazer tudo" para vencer no domingo na receção a um Sporting "sem fragilidades", em jogo a contar para a 21.ª jornada da I Liga portuguesa em futebol.

"Espero grandes dificuldades, como é normal com um grande clube como é o Sporting. O Sporting não tem fragilidades.

Contra o Sporting ou damos tudo ou vamo-nos perder pelo caminho e eu quero ganhar o jogo", referiu Augusto Inácio em conferência de antevisão a uma partida que acontece depois de os 'leões' terem perdido 2-1 no Dragão.

Questionado sobre se a derrota dos sportinguistas no 'clássico' poderá ser uma vantagem para os minhotos que, por sua vez, de forma surpreendente conquistaram a Taça da Liga, o técnico destacou a qualidade dos jogadores de Alvalade, lembrando, porém, as fragilidades na sua equipa.

"Saíram dois jogadores de muita qualidade [referindo-se a Francisco Geraldes e Podence, que estavam emprestados e regressaram ao Sporting] que aprenderam aqui. Devem muito ao Moreirense este regresso ao Sporting. E o Moreirense não pode gastar mais do que pode. Vieram alguns emprestados. É um processo que vai demorar o seu tempo", disse.

O Moreirense já venceu esta época dois dos chamados 'grandes' do futebol português - afastou na fase de grupos da Taça da Liga o FC Porto (1-0) e nas meias-finais da mesma prova o Benfica (3-1) - mas Augusto Inácio frisou que nessa altura tem uma equipa "bastante competitiva", patamar que promete alcançar "em 15 dias/três semanas máximo".

"É natural que os adversários olhem para o Moreirense dessa forma [com mais respeito depois da conquista da Taça da Liga] , mas eu vejo também um Moreirense diferente. Não está melhor do que estava nos jogos da Taça da Liga e queremos aproximar-nos disso o mais rapidamente possível", referiu.

Quanto à sua ligação ao Sporting, Inácio negou que este seja um confronto entre si e Jorge Jesus e quis explicar o porquê dos adeptos sportinguistas lhe têm "carinho e respeito".

"Eles sabem que sou um bom profissional que dá tudo pela sua equipa. Sabem que se depender de mim nós já ganhamos o jogo. Se depender do treinador do Moreirense, o Moreirense ganha o jogo. Há aquele impacto inicial e depois no jogo estou a ver o meu Moreirense a querer ganhar ao adversário, que por acaso é o Sporting. Irei fazer tudo por tudo para que o Moreirense conseguir os três pontos", resumiu.

Questionado, por fim, sobre se teme que Podence e Geraldes tenham passado informação em Alvalade sobre o estilo de treino dos minhotos, Augusto Inácio lembrou que pode dar-se surpresas.

"Eles sabem como é a nossa organização, sabem do carater destes jogadores, conhecem a nossa ambição, podem saber algumas coisas de bolas paradas defensivas e ofensivas, aqueles que são os nossos dois planos de jogo. Mas aquilo que eles não sabem é que o plano de jogo pode ser diferente com o Sporting. Pode ser que haja um plano de jogo diferente daquilo que eles estavam habituados, para o bem e para o mal", concluiu.

O Moreirense, 15.º classificado, com 18 pontos, recebe o Sporting, terceiro, com 38, no domingo, pelas 18:00, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, num jogo com arbitragem de Manuel Oliveira da Associação de Futebol do Porto.

Lusa

  • Passos explica porque se sentiu irritado com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o Presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas de que foi alvo.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.