sicnot

Perfil

Desporto

Ranieri admite mau momento do Leicester e diz que são precisas soluções

© Reuters Staff / Reuters

O treinador do Leicester admitiu este domingo que a equipa, campeã em título e que hoje somou a quinta derrota consecutiva na liga inglesa de futebol, está a atravessar um mau momento, para o qual é necessário encontrar soluções.

"Temos dois problemas: sofremos golos e não conseguimos marcar. Temos de falar, todos juntos, e encontrar soluções, não é possível continuar assim", afirmou Claudio Ranieri, após a quinta derrota consecutiva e 14.ª da época.

O Leicester, que no passado conseguiu um inédito título de campeão inglês, perdeu hoje no terreno do Swansea por 2-0, 'afundando-se' ainda mais na tabela, na qual segue no 17.º posto, apenas um ponto acima da zona de despromoção.

"Hoje, queria ter começado uma 'nova época', mas tal não aconteceu, foi inacreditável" disse Ranieri, admitindo que a equipa entrou bem no jogo, mas foi incapaz de recuperar da diferença de dois golos.

Numa altura em que se começa a especular sobre uma eventual saída do comando técnico do clube, Ranieri, que continua a ter o apoio dos proprietários tailandeses do clube, considerou que a equipa precisa de sorte.

"Estamos juntos, trabalhamos muito e bem nos treinos, mas precisamos de um pouco de sorte para aumentar a nossa confiança. Sou forte e confiante, acredito que só é preciso o momento certo para mudar", referiu.

O Leicester volta a jogar para a liga inglesa a 27 de fevereiro, frente ao Liverpool. Antes disso defrontará o Milwall, do terceiro escalão para a Taça de Inglaterra, e visita o Sevilha, em jogo da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Lusa

  • Manifestações contra os incêndios um pouco por todo o país
    1:33

    País

    Estão marcadas para esta tarde várias manifestações contra os incêndios e as políticas florestais, mas também de homenagem às vítimas dos fogos que arrasaram o país. As iniciativas de protesto são quase todas organizadas através das redes sociais e por grupos de cidadãos.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.