sicnot

Perfil

Desporto

"Ainda não consegui ver a final do Euro2016"

O futebolista internacional francês Antoine Griezmann revelou que ainda não consegue ver as finais perdidas no último ano, entre as quais a do Euro2016, que Portugal venceu no prolongamento (1-0).

"Há algo que tenho de dizer: vi todos os jogos da Liga dos Campeões e do Euro2016 novamente, mas parei nas meias-finais", explicou o jogador em entrevista à FIFA, em alusão às finais perdidas por Atlético do Madrid e França.

Em maio de 2016, Griezmann perdeu, ao serviço dos 'colchoneros', a final da 'Champions' com o rival Real Madrid, no desempate por grandes penalidades, e em julho, no Europeu organizado pela França, a final frente a Portugal.

"Tivemos um pouco de azar. Tínhamos feito um bom Mundial [Notes:chegaram aos quartos de final] e estávamos perto da perfeição no Europeu, mas Portugal defendeu muito bem na final e marcaram praticamente na única hipótese que tiveram", justificou.

As derrotas não impedem Griezmann de ter grandes memórias do último ano, apesar de admitir que as finais perdidas são a "maior deceção" da sua carreira, mas que o objetivo é estar novamente numa final e do lado vencedor.

Os desaires deixaram também aspetos positivos, com o avançado do Atlético de Madrid a lembrar que foram as suas primeiras finais, mas que continua a sentir-se motivado para um dia ser ele a levantar o troféu, algo que tem sempre dificuldade em ver nos outros.

"Não conseguia ver as outras equipas a levantar troféus. Isso aconteceu com o Real Madrid na Liga dos Campeões. No Euro2016 foi diferente, vi a celebração portuguesa porque disse a mim mesmo que da próxima será a minha vez, não poderá existir maior motivação do que essa", adiantou.

Na entrevista à FIFA, Griezmann deixou elogios ao seu treinador no Atlético de Madrid, o argentino Diego Simeone, dizendo que não estaria nos melhores do mundo se não fosse por ele, e revelando as palavras do técnico na final da 'Champions'.

O jogo terminou empatado nos 90 minutos e Griezmann tinha falhado uma grande penalidade, aos 48."Disse algo muito importante para mim, eu sentia que a culpa era minha por ter falhado o penálti. EleSimeone] chegou ao pé de mim e disse que o contrário era verdade, que eu era fundamental para a equipa e que não me preocupasse com isso", rematou.

Lusa

  • Portugal inicia preparação para o Mundial sem Cristiano Ronaldo

    Rumo ao Mundial 2018

    A seleção portuguesa de futebol começa hoje a preparar a participação no Mundial2018, que arranca em 14 de junho, na Rússia, com um treino na Cidade do Futebol, em Oeiras, numa sessão em que são esperadas algumas ausências. O capitão Cristiano Ronaldo, que vai disputar no sábado a final da Liga dos Campeões com o Real Madrid, é baixa certa no arranque dos trabalhos, mas não deve ser o único.

  • Hoje é notícia

    País

    Esta terça-feira realiza-se o funeral do antigo ministro António Arnaut na Figueira da Foz. Em Sintra está previsto o início do julgamento dos 17 agentes da PSP acusados de agredirem jovens da Cova da Moura, concelho da Amadora, no interior da esquadra de Alfragide. Em Oeiras, a seleção portuguesa de futebol começa hoje a preparar a participação no Mundial2018.

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20