sicnot

Perfil

Desporto

Benfica critica Federação e fala em "inequívoca dualidade de critérios"

O Benfica exigiu esta segunda-feira justiça igual para todos no futebol português, considerando que existe uma permanente e reiterada inexistência de tomadas de posição por parte da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Em comunicado, os 'encarnados' consideram que existe um "grave clima de coação, intimidação e declarações públicas ofensivas quase diárias" sem tomadas de posição da FPF.

Para o Benfica, há "uma inequívoca dualidade de critérios da justiça desportiva, até hoje não contestada, em que só os processos que envolveram o Sport Lisboa e Benfica (Luís Filipe Vieira, Rui Costa e Rui Vitória) conheceram uma decisão célere e penalizadora, em contraponto com uma total ausência de decisões sobre outros processos, alguns bem mais antigos, que envolvem outras instituições e agentes desportivos por factos de reconhecida enorme gravidade".

O Benfica considera que "não tem sido devidamente respeitado e não é aceitável a continuação deste clima de impunidade", tendo sido "ultrapassados todos os limites de tempo razoáveis para se aguardar por decisões (quaisquer que elas sejam) e não existindo qualquer explicação".

"Chegou o momento de publicamente demonstrar e expressar a sua indignação, justificando por esse motivo a ausência de representantes institucionais do clube no evento hoje realizado. O Benfica não aceita este estado de total anarquia, de vale tudo em que se está a transformar o futebol português, tornando-se exigível que a lei seja cumprida de forma transparente e que exista uma justiça igual para todos", lê-se.

As 'águias' referem que "existem factos que resultam de ameaças, insinuações e insultos públicos que só foram objeto de abertura de processos após as competentes participações disciplinares efetuadas pelo Sport Lisboa e Benfica".

"São factos comprovados, muito preocupantes, que fazem lembrar um regresso a um passado de triste memória e como tal o silêncio não é mais aceitável, tornando exigível que a Federação Portuguesa de Futebol e a Liga Portuguesa de Futebol Profissional assumam de uma forma clara e transparente as suas obrigações", considera o Benfica.

Em conclusão, os 'encarnados' dizem que são "o futuro, a transparência e a sã convivência do futebol português que estão em causa".

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.