sicnot

Perfil

Desporto

FIFA afasta árbitro ganês de forma vitalícia por influenciar resultado

A Comissão Disciplinar da FIFA afastou esta segunda-feira de forma vitalícia o árbitro ganês Joseph Odartei Lamptey, depois de este ter influenciado o resultado entre África do Sul e Senegal, da qualificação para o Mundial de futebol de 2018.

Em comunicado, o organismo de cúpula do futebol mundial explica que o ganês foi considerado culpado de infringir a alínea 1 do artigo 6 do Código Disciplinar, sobre influenciar resultados contra a ética dos árbitros.

Em causa está o encontro de 12 de novembro de 2016, a contar para a zona africana de qualificação para o Mundial2018, na Rússia, que a África do Sul venceu por 2-1, com o Senegal a sofrer o primeiro golo através de uma grande penalidade que surge depois de Rodgers cabecear para as pernas de Koulibaly, com Lamptey a assinalar penálti.

A Federação senegalesa de futebol tinha pedido à Confederação Africana de Futebol (CAF) e à FIFA para investigar o árbitro, que, na sua opinião, "adotou decisões escandalosas em favor da seleção sul-africana".

A CAF tinha suspenso Lamptey, que esteve nos Jogos Olímpicos do Rio2016, por três anos.

A decisão da FIFA, hoje conhecida, impede o árbitro, de 42 anos, de arbitrar partidas para o resto da vida, mas também de participar em quaisquer atividades relacionadas com futebol no âmbito nacional e internacional.

Lusa

  • Debate quinzenal com o primeiro-ministro

    País

    Dia de debate quinzenal na Assembleia da República, que deve ficar marcado pela saída de Portugal do Procedimento por Défice Excessivo. Veja aqui em direto e acompanhe a discussão no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Morreu Roger Moore

    Cultura

    O ator britânico Roger Moore, conhecido pelos filmes de James Bond e a série "O Santo", morreu hoje, na Suíça, na sequência de um cancro. Tinha 89 anos.

  • Lesados do Banif ouvidos pela PJ
    1:42

    Economia

    A Unidade de Combate à Corrupção está na Madeira para recolher depoimentos de lesados do Banif e é a primeira diligência da Polícia Judiciária depois de uma queixa apresentada por 100 ex-clientes do banco. Os ex-clientes falam de falsificação de documentos, burla e associação criminosa.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.