sicnot

Perfil

Desporto

Tiger Woods espera conseguir disputar o Masters

O golfista norte-americano Tiger Woords disse esta segunda-feira que está a "tentar tudo" para conseguir voltar a disputar o Masters de golfe, depois de ter tido problemas nas costas.

Vencedor em quatro ocasiões da prova que arranca a 6 de abril, Tiger, de 41 anos, não joga desde que abandonou o Dubai Desert Classic, em fevereiro, devido a espasmos nas costas, um problema que o tem afetado nos últimos anos.

"Eu sei que a mente está preparada. Preciso de fazer com que o corpo esteja disposto a conseguir. A parte difícil é conseguir tempo de preparação", explicou o norte-americano, que venceu um número recorde de 79 títulos PGA, numa entrevista a um canal de televisão norte-americano.

O torneio tem "muita história e significado" para Woods, que se tornou o primeiro negro a vencer a prova, em 1997.A última participação do golfista na prova foi em 2015, quando terminou em 17.º, sendo que não vence um dos principais torneios do circuito desde o triunfo no US Open de 2008.

Tiger Woods é o segundo jogador com mais vitórias em 'majors', com um total de 14 títulos (quatro no Masters, três no US Open, três no British Open e quatro no PGA Championship), perdendo apenas para Jack Nicklaus, que soma 18.

Lusa

  • "Vi o Bas Doost a jorrar sangue para o chão (...) revoltei-me!"
    3:28
  • "Esta semana parecia um filme de terror"
    2:24

    Desporto

    O treinador do Sporting falou pela primeira vez à imprensa desde as agressões de que foi alvo em Alcochete. Jorge Jesus disse que a última semana "parecia um filme de terror" e deixou um agradecimento especial aos adeptos e à "capacidade emocional" dos jogadores.

  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • Nicolas Maduro vence presidenciais na Venezuela

    Mundo

    O chefe de Estado venezuelano, Nicolas Maduro, foi declarado vencedor das eleições presidenciais de domingo pela autoridade eleitoral, com perto de 70% dos votos, depois de contados quase todos os boletins.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29