sicnot

Perfil

Desporto

Tiger Woods espera conseguir disputar o Masters

O golfista norte-americano Tiger Woords disse esta segunda-feira que está a "tentar tudo" para conseguir voltar a disputar o Masters de golfe, depois de ter tido problemas nas costas.

Vencedor em quatro ocasiões da prova que arranca a 6 de abril, Tiger, de 41 anos, não joga desde que abandonou o Dubai Desert Classic, em fevereiro, devido a espasmos nas costas, um problema que o tem afetado nos últimos anos.

"Eu sei que a mente está preparada. Preciso de fazer com que o corpo esteja disposto a conseguir. A parte difícil é conseguir tempo de preparação", explicou o norte-americano, que venceu um número recorde de 79 títulos PGA, numa entrevista a um canal de televisão norte-americano.

O torneio tem "muita história e significado" para Woods, que se tornou o primeiro negro a vencer a prova, em 1997.A última participação do golfista na prova foi em 2015, quando terminou em 17.º, sendo que não vence um dos principais torneios do circuito desde o triunfo no US Open de 2008.

Tiger Woods é o segundo jogador com mais vitórias em 'majors', com um total de 14 títulos (quatro no Masters, três no US Open, três no British Open e quatro no PGA Championship), perdendo apenas para Jack Nicklaus, que soma 18.

Lusa

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas