sicnot

Perfil

Desporto

Rummenigge diz que Bayern foi prejudicado e pede video-árbitro

Denis Balibouse

O presidente do Conselho Diretivo do Bayern Munique, Karl-Heinz Rummenigge, pediu a implementação do vídeo-árbitro e criticou o juiz húngaro Viktor Kassai, que dirigiu o jogo de terça-feira com o Real Madrid, da Liga dos Campeões de Futebol.

Depois da eliminação nos quartos de final da "Champions", depois da derrota por 4-2, após prolongamento, Rummenigge disse que Kassai prejudicou o clube alemão e que algumas decisões teriam sido corrigidas com o vídeo-árbitro.

Para o dirigente, a expulsão de Arturo Vidal, por acumulação de cartões amarelos, e dois dos três golos marcados por Cristiano Ronaldo, em fora de jogo, "condicionaram extremamente" o resultado.

Apesar de ter considerado o encontro "um espetáculo extremamente emocionante", Rummenigge disse que o trabalho do árbitro "deixou alguns jogadores desolados".

"Depois de ver como jogaram Hummels, Boateng, Lewandowski e Manuel Neuer, só posso tirar o chapéu pelo excelente futebol que praticaram. Infelizmente, algumas decisões do árbitro condicionaram extremamente o nosso trabalho. Estou furioso. Fomos prejudicados", frisou Rummenigge.

Lusa

  • Encontrada criança britânica desaparecida na praia da Luz

    País

    Foi encontrada a criança britânica que estava desaparecida desde o início da tarde, avançaram as autoridades. A Polícia Marítima tinha sido informada do desaparecimento de um rapaz de 8 anos, de nacionalidade inglesa, tendo efetuado diligências nas proximidades da praia algarvia.

    Em atualização

  • Marcelo pede "serenidade e cabeça fria" no debate político
    1:29
  • Seca agrava prejuízos agrícolas no Alentejo
    2:11
  • Al Gore e Garry Kasparov vão estar na Web Summit

    Web Summit

    Al Gore, antigo vice-Presidente dos Estados Unidos da América, Garry Kasparov, lendário jogador de xadrez, e Steve Huffman, o dirigente e cofundador da rede social Reddit são os novos nomes anunciados para a 2.ª Web Summit em Lisboa.

  • Estudantes universitários poderiam estar a pagar propinas mais baixas
    2:02

    País

    Os alunos universtários poderiam estar a pagar propinas mais baixas do que pagam atualmente. A situação foi denunciada pela Federação Académica do Porto, que diz que os estudantes estão a pagar cerca de 100 euros a mais do que deviam. O INE admite, num documento enviado ao Governo, que pode existir um método melhor para o cálculo destes valores.

  • Liberdade de movimento entre UE e Reino Unido termina em março de 2019

    Brexit

    A liberdade dos cidadãos europeus para viver e trabalhar no Reino Unido vai terminar, em março de 2019. O Governo britânico pediu esta quarta-feira um estudo de um ano sobre a migração europeia no país, de modo a ajudar no sistema de imigração que será implementado. A avaliação vai estar concluída em setembro, de 2018, seis meses antes da conclusão do Brexit.