sicnot

Perfil

Desporto

Bartra voltou a treinar com o Dortmund 29 dias após o atentado

Reuters Staff

O futebolista espanhol Marc Bartra voltou esta quarta-feira a treinar com o plantel do Borussia Dortmund, 29 dias depois do atentado contra o autocarro da equipa, antes da primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, com o Mónaco.

O clube alemão, através do seu sítio na internet, deu conta deste regresso, enquanto o próprio jogador, na sua conta do Twitter, se manifestou "feliz por voltar a treinar com a equipa e com mais vontade do que nunca de voltar a jogar".

Bartra foi único jogador do Borussia que saiu ferido do atentado à bomba que atingiu o autocarro da equipa, tendo sofrido uma fratura do braço e sido atingido por estilhaços que o obrigaram a ser submetido a uma cirurgia.

O jogador já tinha voltado a treinar sozinho, mas hoje, pela primeira vez, fê-lo integrado no grupo.

O Borussia Dortmund tem dois jogos da 'Bundesliga' por disputar, estando a equipa na luta para manter o terceiro lugar, que lhe dá acesso direto à fase de grupos da Liga dos Campeões, e ainda a final da Taça da Alemanha, na qual defrontará o Eintracht de Frankfurt.

Com Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.