sicnot

Perfil

Desporto

Tecnologia do Olho de Falcão vai estar na Taça das Confederações e Mundial de Clubes

A FIFA confirmou esta sexta-feira ter escolhido o Olho de Falcão para auxiliar o árbitro assistente de vídeo (VAR) na Taça das Confederações, de 17 de junho a 2 julho, e no Mundial de Clubes, de 6 a 16 de dezembro.

O sistema, já testado em jogos particulares, também será aplicado no Mundial de sub-20, entre 20 de maio e 11 de junho, na Coreia do Sul, e foi eleito pela FIFA de entre um processo de seleção que contou com vários fornecedores de tecnologia para VAR.

"A FIFA está confiante de que a escolha de o Olho de Falcão como tecnologia para VAR nas próximas competições atende aos requisitos tecnológicos inovadores necessários para que haja mais integridade e justiça no nosso jogo", comentou o secretário-geral-adjunto da FIFA, o sérvio Zvonimir Boban.

O uso experimental do assistente de vídeo árbitro (VAR) foi aprovado na 130.ª Reunião Anual da International Board (IFAB), em março de 2016, por um período de dois anos, para identificar as vantagens e desvantagens do seu uso e se a sua utilização "melhora o jogo".

Com a sua utilização nas provas referidas, a FIFA pretende examinar como é que o sistema VAR influencia o comportamento tanto de jogadores como de árbitros, público presente nos estádios e espetadores televisivos, antes do IFAB tomar uma decisão final sobre a sua utilização em 2018 ou, o mais tardar, 2019.

Lusa

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC