sicnot

Perfil

Desporto

Barcelona em Lisboa para negociar Nelson Semedo

Barcelona em Lisboa para negociar Nelson Semedo

Dois dirigentes do FC Barcelona estão hoje em Lisboa para contratar Nelson Semedo ao Benfica. Em cima da mesa está uma proposta de 30 milhões de euros. Mas Luís Filipe Vieira quer. pelo menos, 50 milhões.

Robert Fernández e Javier Bordas chegaram esta manhã a Lisboa para negociar a transferência de Nelson Semedo para o Barcelona.

O jogador ainda está de férias, esteve ao serviço da seleção nacional na Taça das Confederações, e é o empresário Jorge Mendes e Luís Filipe Vieira que vão tentar chegar a um entendimento de valores para transferir o lateral direito para a Catalunha.

E é aqui que existe o principal, e único entrave. O jogador renovou há poucos meses contrato com o Benfica. A ligação termina em 2021 e a clausula de rescisão é de 80 milhões de euros.

Para abdicar do internacional português, o Benfica estaria disposto a baixar até aos 55 milhões, mas o Barcelona não irá além dos 35. Uma diferença considerável, tendo em conta a importância que o jogador tem na estrutura dos encarnados.

Por isso, Luís Filipe Vieira não vai abdicar facilmente de uma das joias da coroa. O defesa de 23 anos, um dos mais importantes na época passada.

Certo é que tanto o Benfica como o Barcelona pretendem resolver a situação o mais rapidamente possível.

O Benfica, em estágio na Suíça, aguarda pela chegada dos jogadores que estiveram na Taça das Confederações. Apresentam-se no final da próxima semana e uma eventual transferência do lateral direito obriga o clube a ir ara o mercado.

A imprensa espanhola fala de alguma urgência por parte do Barcelona em contratar o jogador. Os catalães querem definir o mais rapidamente possível a equipa para a nova época antes do final da próxima semana, quando a comitiva catalã viajar para os Estados Unidos, para o estágio de pré-temporada.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.