Última Edição

0
0:05

Última Edição

1
2:51

Número de defensores do sim aumenta na véspera do Referendo para a Independência da Escócia

2
1:55

Criança resgatada dos escombros de um bombardeamento na Síria

3
1:25

Terceiro dia de greve obriga Air France a cancelar 60% dos voos

4
1:04

Nuno Crato garante que ordenou análise de queixas relativas à Bolsa de Contratação de Escolas

5
2:15

Governo recusa que Lei da Cópia Privada seja um novo imposto

6
1:05

Agente da PSP acusado de ofensas à integridade física de nove estudantes

7
1:37

Treinador do Rio Ave acredita num bom resultado frente ao Dínamo de Kiev

8
0:26

Paulo Sousa acredita que a FPF tomará a melhor decisão para selecionador nacional

9
0:59

Pinto da Costa critica equipa de arbitragem de jogo com Vitória de Guimarães

15:38 16.05.2012

Mais de 400 mil trabalhadores procuram emprego há mais de um ano

LUSA Arquivo Lusa

No primeiro trimestre deste ano havia 416 mil  pessoas à procura de emprego há pelo menos um ano, segundo dados hoje divulgados  pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). 

Os números do INE revelam que a taxa de desemprego de longa duração  (isto é, a percentagem da população ativa sem emprego há mais de um ano)  atingiu os 7,6 por cento - ou seja, mais de metade da taxa total. 

Estes números são máximos históricos. No entanto, o desemprego de muito  longa duração - pessoas sem emprego há mais de dois anos - caiu no primeiro  trimestre, embora continue a níveis muito altos: estava nos 249 mil no último  trimestre de 2011, está nos 228 mil no início de 2012.  

Alguns destes desempregados terão arranjado emprego; outros terão desistido  de procurar. Ainda segundo o INE, 17 por cento dos desempregados (independentemente  da duração) no final do ano passado arranjaram emprego; outros 14 por cento  passaram à condição de inativos. 

A taxa de desemprego oficial no primeiro trimestre situou-se nos 14,9  por cento. 

 

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Facebook

Mais Populares

Economia

Publicidade

Agora

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .