Última Edição

0
0:08

Última Edição

1
1:35

Fernando Santos prepara jogo com a Noruega de olhos postos na Islândia

2
1:50

As dúvidas do Presidente

3
1:28

Parecer da PGR dá razão ao Governo sobre cortes nos colégios

4
2:07

Chegou ao fim a greve dos estivadores

5
0:34

Ministra do Mar diz que com o acordo alcançado não haverá despedimento coletivo

6
1:42

Ex-ministra das Finanças recusa responsabilidade por eventuais sanções da UE

7
2:57

Korn abandonam o palco três vezes e não terminam o concerto no Rock in Rio

8
0:55

PS vive uma situação de esquizofrenia, diz Francisco Assis

9
0:48

Brasil em protesto contra violação de jovem de 16 anos por 33 homens

10
2:01

Brasil indignado com violação de jovem de 16 anos por 33 homens

11
2:11

Mais de 30 detidos em protesto contra Donald Trump na Califórnia

12
2:51

Folga extra não afeta produtividade em empresa de Viana do Castelo

13
1:52

"Querem matar o Porto mas não vão conseguir"

00:05 29.05.2012

Banco de Portugal instaurou 38 contraordenações a bancos em 2011 

O Banco de Portugal (BdP) instaurou, em 2011,  38 contraordenações aos bancos que atuam em Portugal, de acordo com informações  do supervisor bancário. 

Estes dados foram hoje divulgados pelo supervisor bancário no Relatório  de Supervisão Comportamental do ano passado e dizem respeito a situações  em que a instituição detetou prática de ilícitos de natureza contraordenacional  pelas instituições bancárias.  

Enquadram-se aqui situações como o incumprimento de deveres de informação  da instituição bancária ao BdP ou a inexistência de livro de reclamações. As coimas aplicadas resultam das várias ações levadas a cabo pelo BdP  no âmbito da sua supervisão comportamental e surgem quer da análise de reclamações  dos clientes dos bancos, como de ações de inspeção, da análise das informações  prestadas pelos bancos à instituição liderada por Carlos Costa e da fiscalização  de campanhas publicitárias. 

Além das 38 contraordenações aplicadas, no ano passado o BdP emitiu  1.138 recomendações e determinações específicas com o objetivo de exigir  aos bancos que corrijam incumprimentos e irregularidades detetadas. 

Ainda de acordo com o documento hoje divulgado, que dá conta das ações  levadas a cabo pelo BdP no âmbito da sua função de análise comportamental,  no ano passado a instituição fiscalizou mais de 5.000 campanhas publicitárias  de bancos, obrigando a modificar 128 destas, mais de 70 por cento das quais  eram referentes a produtos de crédito aos consumidores.  Esta ação do regulador levou ainda à suspensão de três campanhas publicitárias  por violarem normas e regras a que estão obrigadas. 

A instituição levou também a cabo 1.524 ações de fiscalização do preçário  das instituições e ainda sobre depósitos (822), crédito à habitação (749),  crédito aos consumidores (1.058) e serviços de pagamento (1.312). 

 De acordo com a nota do Governador do Banco de Portugal, Carlos Costa,  na introdução do Relatório de Supervisão Comportamental, este trabalho que  a instituição desenvolve é um "pilar basilar" da "estabilidade financeira",  ao assegurar as condições para os cidadãos poderem confiar no sistema bancário.

 

     

 

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Economia

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
00:36
Manuel Alegre diz que Governo do PS "não é uma geringonça"
00:28
Francisco Assis acusa o Governo de estar prisioneiro do Bloco e do PCP
00:07
FC Porto campeão nacional de basquetebol
00:06
Cristiano Ronaldo é o primeiro português tricampeão europeu
00:05
Lufthansa anuncia suspensão de voos para a Venezuela
23:29
Quatro das oito crianças atingidas por um raio em Paris correm risco de vida
23:27
Portugueses na Venezuela temem conflito armado
23:27
Protestos nas ruas contra a violação da jovem de 16 anos no Brasil
23:24
Real Madrid vence Liga dos Campeões
21:17
Marcelo desconfia das previsões económicas do Governo
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .