Última Edição

0
0:08

Última Edição

1
1:47

Observatório Europeu alerta para aumento do consumo de ecstasy

2
1:12

PM volta defender a rede pública de ensino

3
2:15

Marcelo e Merkel prometem mais "colaboração e cumplicidade"

4
1:37

Cristas diz que será difícil evitar agravamento do Procedimento por Défice Excessivo

5
2:53

José Cid pede desculpa por chamar feios e desdentados aos transmontanos

6
2:00

Mau tempo causa estragos na Europa

7
2:42

Seis dos suspeitos de violarem jovem no Brasil estão desaparecidos

8
0:52

Quaresma aprova escolha de Mourinho e deseja-lhe sorte no Man Utd

9
3:25

Revista de desporto online

10
1:38

Golden State Warriors na final da NBA

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

2:45
14:44 25.01.2013

Proposta do Governo para privatização da água aprovada no Parlamento pelo PSD e CDS-PP

A proposta do Governo para a concessão do abastecimento de água e saneamento a privados foi aprovada esta manhã no Parlamento pelo PSD e CDS-PP. Foram chumbadas as propostas parlamentares do PCP, que queria vedar o acesso a empresas privadas, e do Bloco de Esquerda, que propunha um referendo sobre esta matéria.

A proposta de lei "viabiliza a concessão de sistemas multimunicipais  de resíduos sólidos urbanos a entidades de capitais maioritária ou totalmente  privados e a subconcessão de sistemas multimunicipais de águas e de saneamento  de águas residuais a entidades de natureza também privada, de forma a permitir  a implementação da estratégia acima mencionada". 

O PCP viu rejeitado pelo PSD, pelo CDS-PP e pelo PS o projeto de lei  que visava vedar "o acesso de empresas privadas às atividades económicas  de abastecimento público de água, de saneamento de águas residuais urbanas  e de gestão de resíduos urbanos". 

Já o Bloco de Esquerda ficou isolado na proposta de realização de um  referendo nacional à privatização do setor do abastecimento de água e saneamento,  projeto que teve os votos contra dos restantes partidos. 

Os deputados decidiram hoje fazer baixar à comissão de Obras Públicas,  sem votação em plenário, os projetos de resolução dos Verdes, Bloco e PSD  e CDS-PP relacionados com a promoção do uso da bicicleta e a criação de  condições de transporte deste meio em transportes públicos. 

O Parlamento rejeitou, com os votos contra da maioria PSD/CDS-PP, o  projeto de resolução do Partido Ecologista Os Verdes que recomendava ao  Governo a remodelação das linhas do Douro e do Tâmega e das estações do  Marco, Livração e Vila Meã.  

O PS viu ser rejeitado o seu projeto de resolução que recomendava ao  Governo a suspensão da reorganização dos cuidados hospitalares na região  Oeste, com os votos contra da maioria, que também chumbou uma resolução  do Bloco de Esquerda a pedir a manutenção em funcionamento do Hospital de  Alcobaça.  

Com Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Economia

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: VIDEO
12:02
Ministro entende reivindicações dos médicos e alega razões orçamentais
12:01
Ministro da Saúde confia que os médicos não vão avançar para a greve
11:58
Agredidos funcionários do carrossel de Matosinhos onde morreu 1 jovem
11:52
204 mil migrantes chegaram à UE via Mediterrâneo em 2016
11:50
Ricardo Carvalho quer ajudar a seleção enquanto o "corpo permitir"
11:37
Seleção prepara Euro 2016, agora a pensar na Inglaterra
11:36
Fernando Santos com todos os jogadores à disposição
11:33
Julgamento de Messi por fraude fiscal começa hoje
11:11
PIB aumentou 0,9% em volume no 1º Trimestre de 2016 - INE
11:10
Multinacionais europeias alertam sobre perigos do Brexit
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .