sicnot

Perfil

Economia

Lucro dos CTT sobe 26,5% no ano passado para 77,2 M€

O lucro dos CTT - Correios de Portugal subiu 26,5% no ano passado, face a 2013, para 77,2 milhões de euros, anunciou hoje a empresa liderada por Francisco de Lacerda.

(Reuters/Arquivo)

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os CTT adiantam que os rendimentos operacionais totais cresceram 2,4% para 717,8 milhões de euros, "invertendo cinco anos de declínio".

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) recorrentes (antes de rendimentos e gastos recorrentes) subiram 9,9% para 135,1 milhões de euros.

Os CTT adiantam que os rendimentos de correio inverteram a tendência passada e subiram 0,8%, resultante da desaceleração na queda no tráfego de correio endereçado para 5,7% e do aumento do preço médio do Serviço Postal Universal de 4,1%.

Além disso, "os serviços financeiros consolidam a oferta e posição de mercado e conseguem um forte crescimento dos rendimentos recorrentes de 21,4%, reforçando esta alavanca como fundamental no crescimento global dos CTT", acrescentam.

No caso do expresso e encomendas, estas apresentaram um "decréscimo marginal de rendimentos de 0,4%, apesar do tráfego crescer 0,9%, em resultado do efeito de 'mix' de produtos, já que o crescimento está a ocorrer principalmente no segmento 'B2C' [negócio virado para o consumidor]".


Lusa
  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.