sicnot

Perfil

Economia

'Troika' dá lugar ao Grupo de Bruxelas

A nova equipa internacional que iniciou hoje discussões técnicas sobre as reformas na Grécia foi designada Grupo de Bruxelas, em vez de 'troika', indicou fonte governamental grega.

A nova equipa internacional, que se debruçará sobre as reformas na Grécia, foi designada Grupo de Bruxelas, em vez de "troika".

A nova equipa internacional, que se debruçará sobre as reformas na Grécia, foi designada Grupo de Bruxelas, em vez de "troika".

EPA

O novo quinteto, que começou a reunião em Bruxelas ao início da tarde, é composto por representantes do Governo grego, da Comissão Europeia, do Banco Central Europeu (BCE), do Mecanismo Europeu de Estabilidade e do Fundo Monetário Internacional (FMI).

A composição é próxima da que tinha a 'troika', mas o Governo de Alexis Tsipras passa a fazer parte da equipa e quer mudar a imagem associada a esta desde 2010, quando os funcionários do BCE, FMI e Comissão Europeia começaram a deslocar-se a Atenas para avaliar as contas públicas e a ação dos ministérios.

Segundo a Agência France Presse (AFP), entre os participantes das negociações figuram Declan Costello pela Comissão Europeia, Klaus Masuch pelo BCE e Rishi Goyal pelo FMI, ou seja, os chefes de missão da antiga 'troika'.

"As negociações do Grupo de Bruxelas decorrem a nível político e técnico em Bruxelas, entre homólogos", de acordo com a fonte grega. 

Mas, para determinadas questões e com o objetivo de "eliminar todas as dúvidas", o Grupo de Bruxelas pode "nomear conselheiros técnicos" para se deslocarem a Atenas para recolherem as informações necessárias, adiantou a fonte do Governo grego.

As discussões iniciadas hoje surgem na sequência do acordo alcançado a 20 de fevereiro entre Atenas e os seus credores para um prolongamento do atual programa de assistência financeira ao país.

As reformas devem ser validadas pelos credores até ao final de abril para que seja desbloqueada a última tranche do empréstimo, no valor de cerca de 7 mil milhões de euros, suspensa desde o verão e vital para as finanças da Grécia.


Lusa
  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.