sicnot

Perfil

Economia

Exportações estreiam-se em 2015 a descer 1,8% e importações caem 10,2%

As exportações diminuíram 1,8% em janeiro de 2015, enquanto as importações registaram uma queda homóloga de 10,2%, com ajuda da descida do preço do petróleo, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

(Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

O recuo da venda de bens ao exterior reflete a evolução negativa do comércio extra-União Europeia (UE), com uma queda de 7,1%, sobretudo no que diz respeito a combustíveis minerais e máquinas e aparelhos, já que se registou um aumento das vendas dentro do espaço comunitário (0,2%).

No caso das importações, a diminuição deveu-se sobretudo ao comércio extra-UE (-28,6%, enquanto as importações intra-EU diminuíram 2,7%).

Excluindo o grupo dos combustíveis e lubrificantes, em janeiro de 2015, as exportações aumentaram 1,4% e as importações desceram 1,4% face ao mês homólogo. 

Em dezembro de 2014, as exportações tinham tido um acréscimo homólogo de 5% e as importações de 2,5% (6,5% e -1,8%, respetivamente, excluindo os combustíveis).

Comparando com o mês anterior, as exportações aumentaram 3,6%, devido sobretudo à subida de 12% no comércio intra-UE, enquanto as exportações extra-UE diminuíram 15,2%.

As importações diminuíram 5,9% em termos mensais, em resultado da redução de 4,2% nas compras intra-UE e de uma descida de 11,3% nas compras a países extra-comunitários.

"Esta evolução nas importações extra-UE de combustíveis minerais resulta da diminuição em volume das importações deste tipo de bens, mas deve-se sobretudo ao comportamento do preço de importações do petróleo bruto (crude), que registou neste mês o preço mais baixo desde maio de 2009", justificou o INE.

No trimestre terminado em janeiro de 2015, as exportações aumentaram 0,9% e as importações diminuíram 1,8% face ao período homólogo, permitindo uma diminuição de 354 milhões de euros no défice da balança comercial.


Lusa
  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Árbitros recuam e vão apitar jogos do próximo fim de semana

    Desporto

    Os árbitros recuaram esta quarta-feira na intenção de não comparecer nos jogos do próximo fim de semana. Depois de na terça-feira a maioria dos juízes terem apresentado um pedido de dispensa dos jogos da 12.ª jornada do campeonato, esta quarta-feira adiaram a decisão após uma reunião com o Conselho de Arbitragem.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50

    País

    A água é um recurso essencial para todos os organismos vivos, comunidades e atividades económicas. Num país com situações de secas recorrentes, que tendem a ser agravadas pelas alterações climáticas, o que aprendemos com anteriores episódios de escassez de água? Como usar a água para que não falte no futuro? "Água Sob Pressão" foi o tema desta Grande Reportagem, de Carla Castelo (jornalista), Manuel Ferreira (Imagem), Gonçalo Freitas (Edição de imagem), Paulo Alves (Grafismo) e Isabel Mendonça (Produção), exibida na SIC em julho de 2012 (que também foi um ano de seca, ainda que menos grave do que a atual).

  • Jorge Jesus e Ana Malhoa contra o consumo de sal
    1:21
  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15