sicnot

Perfil

Economia

Paulo Ralha garante que a bolsa VIP de contribuintes foi entregue pelo Secretário de Estado

Paulo Ralha garante que a bolsa VIP de contribuintes foi entregue pelo Secretário de Estado

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos garante que a bolsa de contribuintes VIP foi entregue na Direção de Segurança Informática do Fisco pelo Secretário de Estado. Esta noite, Paulo Ralha exigiu uma investigação o quanto antes para evitar que os dados sejam eliminados. Quanto às declarações do Secretário de Estado que esta quinta-feira negou ser o responsável pela lista de contribuintes privilegiados, Paulo Ralha garante ter informações concretas que desmentem Paulo Núncio.

Estas declarações aconteceram já depois do Secretário de Estado, Paulo Núncio, ter desmentido categoricamente a notícia da revista Visão que dá conta que teria sido ele próprio a entregar a chamada lista de contribuintes VIP.  

A notícia da Visão adianta que a lista terá sido entregue pelo Secretário de Estado dos assuntos Fiscais à direção de Segurança Informática do Fisco, em outubro de 2014, no auge do caso Tecnoforma.
 
O cadastro fiscal dos nomes que constam da lista teria um filtro, que permitiria detetar quem acede aos dados. Contactado pela SIC, Paulo Núncio desmentiu categoricamente a notícia e diz que vai processar judicialmente a revista Visão. Também a Autoridade Tributária já veio desmentir a notícia garantindo que não recebeu qualquer lista da parte de Paulo Núncio destinada a contribuintes considerados especiais.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.

  • Líderes europeus assinalam progressos para alcançar acordo sobre migrações
    2:02