sicnot

Perfil

Economia

PS e PCP pedem responsabilização de Passos pela lista VIP de contribuintes

PS e PCP pedem responsabilização de Passos pela lista VIP de contribuintes

António Costa diz estar provado que "a lista VIP existia" e acusa o primeiro-ministro de ter sido desmentido pelos factos. Jerónimo de Sousa afirma que Passos Coelho mentiu no Parlamento. Esta foi a reação dos líderes do PS e do PCP, para quem o chefe do Governo é o único que deve assumir responsabilidades neste caso.

  • "Todos têm medo", diz inspetora do fisco sobre lista VIP
    3:57

    Economia

    A existência da lista VIP de contribuintes foi confirmado numa acção de formação do fisco como provam as gravações que já são públicas. Uma das funcionárias, que participou nessa acção, aceitou agora falar com a SIC e explicar como tudo funciona. Confirma que os funcionarios do fisco têm medo de consultar os dados de alguns contribuintes.

  • Eu defendo uma lista VIP do fisco

    António José Teixeira

    Há um enigma que envolve a paixão dos humanos por listas. Listas imperdíveis de favoritos de tudo, de livros, filmes, dos melhores, dos piores. Gostamos de listas. De ordenar, seleccionar, catalogar, incluir, excluir. Estar, ou não estar, na lista, faz toda a diferença. Fica-se dentro, por dentro, ou à margem, de fora. Há listas no fisco? «Lista de contribuintes VIP»? «Bolsa VIP»? Ou «pacote VIP»? Foi a pergunta das últimas semanas. A dúvida pairou ao ritmo das mais convictas negações. 

  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.