sicnot

Perfil

Economia

BCE eleva para 71 mil milhões de euros limite de liquidez para bancos gregos

O Banco Central Europeu (BCE) elevou hoje para 71 mil milhões de euros o limite da linha de financiamento de emergência que tem sido utilizada para garantir liquidez aos bancos gregos, indicou fonte próxima do dossiê. 

(Arquivo Reuters)

(Arquivo Reuters)

© Ralph Orlowski / Reuters

Esse limite estava em 69,8 mil milhões e desde fevereiro, o BCE tem vindo a aumentá-lo a cada 15 dias de forma a permitir que os bancos gregos tenham liquidez, depois de a instituição liderada por Mario Draghi ter deixado de aceitar obrigações soberanas gregas como garantia em operações de refinanciamento bancário.

Atenas tem apelado às instituições de Frankfurt para fazerem mais de forma a atenuar os seus problemas financeiras, mas Draghi afirmou, na conferência de imprensa que deu no passado dia 5, que o BCE já fazia bastante para ajudar a Grécia e não estava disposto a infringir as regras para favorecer um país.

Fonte citada pela AFP (Agence France-Presse) indicou também que o BCE pediu por escrito aos bancos gregos para deixarem de comprar dívida emitida por Atenas porque aumenta o risco da sua solidez financeira.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.