sicnot

Perfil

Economia

Confiança dos consumidores em máximos de 13 anos

O índice de confiança dos consumidores registou, em março, o valor mais elevado desde abril de 2002, refletindo essencialmente a melhoria das perspetivas quanto à evolução do desemprego, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Também o indicador económico aumentou em março (0,6) após ter estabilizado em fevereiro nos 0,3 pontos.

O indicador de confiança dos consumidores continuou em março em valores negativos (-19,2 face a -21,2 em fevereiro), mas manteve a trajetória ascendente observada desde 2013.

As opiniões das famílias sobre a evolução passada e futura da situação económica do país melhoraram significativamente em março, atingindo os valores mais elevados desde junho e março de 2000, respetivamente.

As opiniões sobre as perspetivas de compra de bens também recuperaram o movimento ascendente desde o início de 2013, atingindo o valor mais elevado desde fevereiro de 2007.

Quanto às empresas, o indicador de confiança aumentou na indústria transformadora, na construção e obras públicas e no comércio, mas diminuiu nos serviços, devido ao agravamento das expetativas de evolução da procura, já que as opiniões sobre a evolução da carteira de encomendas e sobre a atividade da empresa recuperaram ligeiramente.



Lusa
  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.