sicnot

Perfil

Economia

Cerca de 90 por cento dos comboios parados devido a greve na CP

Cerca de 90 por cento dos comboios da CP estão parados devido à greve na empresa, que mantém encerradas 95 por cento das bilheteiras, disse hoje à agência Lusa fonte sindical.

LUSA/ ARQUIVO

"A empresa não assume as consequências desta greve de quatro dias e de ter prejudicado centenas de milhares de pessoas, quando teve nove meses para acatar a decisão do tribunal em relação à indemnização devida aos trabalhadores", afirmou Luís Bravo, presidente do Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial e Itinerante, que inclui os funcionários das bilheteiras e os revisores.

Esta greve foi convocada pelo Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI) para reclamar o cumprimento da decisão dos tribunais relativa ao pagamento dos complementos nos subsídios desde 1996.

"A CP fez um comunicado muito duro a criticar a decisão do colégio arbitral, mas foi a empresa que dispensou os serviços mínimos nos feriados", acrescentou o dirigente sindical.

De acordo com dados da CP, apenas 18 dos 262 comboios programados circularam até às 8:00 de hoje devido à greve.

  • Santana Lopes confirma buscas na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
    1:26

    País

    Pedro Santana Lopes confirmou esta quarta-feira a realização de buscas por parte da polícia judiária à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. O provedor da Santa Casa disse aos jornalistas que o processo está relacionado com suspeitas em compras efetuadas pela Misericórdia, situação que há dois anos já tinha sido objeto de inquérito interno.

  • Oposição aproveita debate quinzenal para questões sobre a CGD
    2:35

    Caso CGD

    A oposição aproveitou o debate quinzenal para questionar o primeiro-ministro sobre a polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos. O CDS exigiu provas de António Costa para afirmar que as contas do banco foram maquilhadas e o PSD perguntou ao primeiro-ministro se não estranha a demissão de António Domingues quando este apresentou a declaração de rendimentos.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.