sicnot

Perfil

Economia

Trabalhadores ferroviários concentram-se hoje contra "desmembramento do setor"

Os representantes dos trabalhadores das empresas ferroviárias concentram-se hoje, em Lisboa, para alertar para o "desmembramento do setor", no dia em que se assinalam 40 anos da nacionalização da CP -- Comboios de Portugal. 

MIGUEL A. LOPES

Aproveitando a realização do Congresso Ferroviário no Instituto Superior Técnico (IST), a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans) promove uma manifestação em frente ao instituto contra a privatização da CP Carga e da EMEF - Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário, a fusão da Refer com a Estradas de Portugal e a concessão de linhas da CP. 

"O nosso objetivo é denunciar o que está em causa com a política do Governo, de desmembrar um setor, que devia ser uma aposta", adiantou Abílio Carvalho, da direção da Fectrans, à Lusa. 

À concentração, agendada para as 14:00, juntam-se os reformados da ferrovia para reivindicar a reposição do direito ao transporte gratuito, retirado pelo Orçamento do Estado para 2013. 

Na passada quinta-feira, o Governo aprovou em Conselho de Ministros a fusão da Estradas de Portugal e da Refer na Infraestruturas de Portugal, que será uma realidade a 01 de maio ou a 01 de junho, dependendo da promulgação do diploma pela Presidência da República. 

Duas semanas antes, o Governo tinha aprovado os processos de privatização da CP Carga e da EMEF, que deverão estar concluídas até ao final da legislatura, depois de um longo processo negocial com Bruxelas sobre as ajudas do Estado às duas empresas. 



  • Queixas sobre comércio online dispararam em 2017

    Economia

    A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco) recebeu 1.642 reclamações sobre compras feita pela internet em 2017, numa média de quatro queixas por dia, número que sobe para 8.538 no caso da rede social Portal da Queixa.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Mais de 60% dos jovens não usam preservativo
    1:42
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52