sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a descer e a dois anos para mínimos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a cair a dois anos para mínimos e a subir a cinco e a dez anos em relação a terça-feira.                        

SIC

Hoje, cerca das 08:40 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a subir para 1,789%, contra 1,758% na terça-feira. O atual mínimo de sempre é 1,560% e foi registado a 13 de março.                       

Os juros a cinco anos também estavam a subir, para 0,832%, contra 0,801% na terça-feira e o mínimo de sempre, de 0,749%, a 10 de abril. 

Em sentido contrário, os juros a dois anos estavam a cair para 0,008%, um mínimo de sempre, contra 0,018% na terça-feira.

Portugal realiza hoje dois leilões das linhas de Bilhetes de Tesouro com maturidade de três meses (17 de junho de 2015) e 11 meses (11 de março de 2016) e com um montante indicativo global entre os 1.000 e os 1.250 milhões de euros.

No mais recente leilão a três meses, que ocorreu a 18 de fevereiro, o Estado conseguiu colocar 250 milhões de euros a uma taxa média de 0,061%; já no último leilão com maturidade a 11 meses, que ocorreu na mesma data, foram colocados 1.000 milhões de euros a uma taxa média de 0,138%.

A 09 de março, o Banco Central Europeu (BCE) iniciou um programa sem precedentes de compra de dívidas soberanas e privadas, que vai permitir injetar 60 mil milhões de euros por mês, até, pelo menos, setembro de 2016, na economia da zona euro na esperança de a redinamizar.        

Os efeitos do programa fizeram sentir-se, por antecipação, nas taxas de juro das dívidas soberanas, que evoluem em sentido inverso ao da procura e têm renovado mínimos diariamente. Algumas das taxas tornaram-se negativas nos prazos mais curtos, ou seja, os investidores estão dispostos a pagar para deter estes títulos considerados muito seguros.   

A 17 de maio de 2014, Portugal abandonou oficialmente o resgate sem qualquer programa cautelar.

O programa de ajustamento solicitado por Portugal à 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), no valor de 78 mil milhões de euros, esteve em vigor durante cerca de três anos.

Os juros da dívida soberana da Irlanda estavam a cair a cinco e dez anos, enquanto os de Itália estavam a subir em todos os prazos e os de Espanha estavam a cair a dois anos e a subir a cinco e dez anos.   

Em relação aos juros da Grécia, estes estavam a subir a cinco e dez anos para valores em torno dos 16,8% e de 11,9%, respetivamente.


Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:40
      

           2 anos... 5 anos... 10 anos 

 

Portugal 



15/04..... 0,008......0,832....1,789

14/04..... 0,018......0,801....1,758



Grécia 



15/04..... n disp....16,818...11,945

14/04..... n disp....16,604...11,830



Irlanda



15/04......n disp.....0,177....0,682

14/04......n disp.....0,182....0,688



Itália



15/04......0,173......0,570....1,321

14/04......0,172......0,563....1,310

 

Espanha



15/04......0,042......0,586....1,311

14/04......0,043......0,576....1,295



Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão


  • A menina síria que relata a guerra no Twitter está bem, diz o pai

    Mundo

    Bana Alabed, a menina síria de 7 anos que conta no Twitter a luta pela sobrevivência e os horrores da guerra em Alepo, teve de abandonar a sua casa que foi bombardeada mas está bem, disse hoje o seu pai à Agência France Press. A conta esteve fechada domingo, mas foi entretanto reativada e tem hoje uma nova publicação de Bana.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.