sicnot

Perfil

Economia

Embraer entrega 20 jatos comerciais e 12 executivos no primeiro trimestre

A fabricante de aviões brasileira Embraer, a quarta maior do mundo no setor, divulgou hoje ter entregado 20 jatos para a aviação comercial e 12 para a aviação executiva no primeiro trimestre de 2015. 

© Rickey Rogers / Reuters

A carteira de pedidos firmes (backlog) em 31 de março era de 20,4 mil milhões de dólares (19 milhões de euros). 

Relativamente ao tipo de modelos, os 20 aviões comerciais foram o E175 e os executivos, 10 jatos leves e dois grandes. 

No primeiro trimestre deste ano, a empresa anunciou o pedido firme da KLM Cityhopper, para 15 jatos E175 e dois E190. O contrato também inclui opções para 17 E-Jets adicionais.

No mesmo período, a fabricante brasileira de aviões e a Republic Airways Holdings Inc. assinaram contrato firme para cinco jatos E175. A previsão de entrega das aeronaves é em meados de 2016. 

A Embraer possui duas fábricas em Évora inauguradas em 2012, após um investimento de quase 180 milhões de euros, e um centro de engenharia e tecnologia aberto no ano passado.

Na cidade alentejana, a empresa produz componentes e peças para o avião executivo Legacy 500, o comercial E1, a aeronave militar KC-390 e também para os protótipos dos aviões comerciais E-Jets E2.

Lusa

  • "Vi o Bas Doost a jorrar sangue para o chão (...) revoltei-me!"
    3:28
  • "Esta semana parecia um filme de terror"
    2:24

    Desporto

    O treinador do Sporting falou pela primeira vez à imprensa desde as agressões de que foi alvo em Alcochete. Jorge Jesus disse que a última semana "parecia um filme de terror" e deixou um agradecimento especial aos adeptos e à "capacidade emocional" dos jogadores.

  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • Nicolas Maduro vence presidenciais na Venezuela

    Mundo

    O chefe de Estado venezuelano, Nicolas Maduro, foi declarado vencedor das eleições presidenciais de domingo pela autoridade eleitoral, com perto de 70% dos votos, depois de contados quase todos os boletins.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29