sicnot

Perfil

Economia

Greve dos trabalhadores da Estradas de Portugal sem efeitos no funcionamento da empresa

O impacto da greve de 24 horas dos trabalhadores da Estradas de Portugal (EP) "é nulo" e, ao início da manhã, estavam todos os serviços a funcionar, nomeadamente o Centro de Controlo de Tráfego, adiantou uma fonte da empresa.

Em comunicado enviado ao início da manhã, a EP informa que o impacto da greve na atividade da empresa é nulo, encontrando-se todos os serviços a funcionar na sua plenitude, nomeadamente o Centro de Controlo de Tráfego.

De acordo com a EP, o Centro de Controlo de Tráfego "continua a prestar todas as informações de trânsito aos seus clientes e as Unidades Móveis, que durante toda a noite patrulharam as estradas, prestaram assistência aos automobilistas".

A greve nos trabalhadores da EP foi convocada pela Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais, para a fazer coincidir com "a luta" dos trabalhadores da Refer, que também paralisam.

A agência Lusa tentou, sem sucesso, obter informações sobre a adesão à greve junto da Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas Sociais.

A greve de hoje abrange trabalhadores de cinco empresas -- CP, CP Carga, Refer, EMEF e Estradas de Portugal (EP), que contestam a privatização da CP Carga e da empresa de manutenção ferroviária, a fusão da EP com a Refer e a concessão de linhas da CP.

Os trabalhadores contestam a privatização da CP Carga e da empresa de manutenção ferroviária, a fusão da EP com a Refer e a concessão de linhas da CP.

Uma fonte da CP - Comboios de Portugal disse hoje à Lusa que apenas 29 dos 62 comboios programados circularam entre as 00:00 e as 06:00 de hoje devido à greve convocada por diversas organizações sindicais ligadas ao transporte ferroviário.

"Dos 62 comboios programados em todo o país, 24 são de serviços mínimos e os restantes cinco fizeram-se a mais", disse à Lusa a porta-voz da CP, Ana Portela.

O coordenador da Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (FECTRANS), José Manuel Oliveira, adiantou à Lusa que a greve está a afetar a circulação de comboios, estimando uma adesão elevada dos trabalhadores.

"Praticamente em todo o país, quer na CP, quer na CP Carga e na Refer, verificou-se que só estão a circular os [comboios] de serviços mínimos. A adesão à greve é elevada", disse.

Na passada quinta-feira, o Governo aprovou em Conselho de Ministros a fusão da Estradas de Portugal e da Refer na Infraestruturas de Portugal, que será uma realidade a 01 de maio ou a 01 de junho, dependendo da promulgação do diploma pela Presidência da República. 

Duas semanas antes, o Governo tinha aprovado os processos de privatização da CP Carga e da EMEF, que deverão estar concluídas até ao final da legislatura, depois de um longo processo negocial com Bruxelas sobre as ajudas do Estado às duas empresas.

Em comunicado, a Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais salientou que o Governo e o Conselho de Administração conjunto EP,SA/REFER,EPE, "continuam sem dar quaisquer reais garantias quanto ao futuro dos trabalhadores da EP, sejam eles os do quadro de pessoal transitório, sejam os do contrato individual de trabalho.



Lusa
  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC