sicnot

Perfil

Economia

Rússia ultrapassou o "pico" da crise económica, garante Putin

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou hoje que o país já ultrapassou o pior da crise económica provocada pelas sanções económicas ocidentais e pela queda do preço do petróleo.

© Ilya Naymushin / Reuters

"O rublo estabilizou e fortaleceu-se", disse Putin, na entrevista televisiva anual em que responde a perguntas de cidadãos russos. 

"Os especialistas acreditam que ultrapassámos o pico dos problemas", acrescentou.

Depois da rápida desvalorização do rublo no final do ano passado, a moeda russa recuperou, atingindo o valor mais alto dos últimos cinco meses, num contexto de apaziguamento do conflito no leste da Ucrânia graças ao acordo de cessar-fogo de 20 de fevereiro e de estabilização do preço do petróleo.

Na quarta-feira, o rublo ficou abaixo da marca "psicológica" dos 50 rublos por dólar, o valor mais alto registado desde novembro.

Vladimir Putin elogiou o plano do Governo para reavivar a economia e desvalorizou problemas como a inflação, o desemprego e a fuga de capitais (estimada em mais de 100 mil milhões em 2014), assegurando que não são "catastróficos".

O Presidente russo tinha afirmado anteriormente que a economia russa precisaria de dois anos para voltar aos níveis anteriores à crise, mas hoje afirmou que a recuperação pode ocorrer num período mais curto.

Advertiu contudo os russos de que não devem esperar um levantamento das sanções ocidentais para breve. "Trata-se de usar tudo isto a nosso favor", disse.

A Rússia é alvo de sanções económicas impostas pela União Europeia e pelos Estados Unidos desde a anexação da península ucraniana da Crimeia, há um ano, e pelo apoio aos separatistas do leste que combatem as forças militares ucranianas.

Putin considerou, no entanto, que as sanções não têm a ver com o conflito na Ucrânia, visando antes conter o desenvolvimento da Rússia.

"Disse aos empresários que, por agora, não é de esperar o levantamento das sanções, porque não se trata de uma questão meramente política. Para alguns dos nossos parceiros é uma questão de interação estratégica para conter o desenvolvimento da Rússia", disse.

Lusa
  • Morreu o vocalista da banda Linkin Park

    Cultura

    Um dos vocalistas da banda de metal alternativo Linkin Park, Chester Bennington, morreu, em casa, numa cidade do condado de Los Angeles, aos 41 anos. Chester Bennington ter-se-á suicidado, de acordo com a plataforma TMZ. O músico juntou-se aos Linkin Park em 1999, três anos após a formação da banda, que editou o seu álbum de estreia, "Hybrid Theory", em 2000. O disco, do qual fazem parte temas como "In the End", "Crawling" e "One Step Closer", vendeu dez milhões de cópias só nos Estados Unidos.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • CGTP acusa PT de ilegalidades no dia da greve
    0:46

    Economia

    A CGTP pede a intervenção do Governo na PT. Esta quinta-feira, na SIC Notícias, Arménio Carlos acusou a empresa de estar a cometer mais uma ilegalidade, ao ter requisitado trabalhadores para cumprir serviços mínimos uma semana antes do permitido por lei.

  • Altice responde a António Costa
    1:33

    Economia

    A Altice respondeu ao Governo, na sequência das críticas de António Costa, lamentando que Portugal não reconheça a importância dos investimentos que o grupo faz no país. A dona da PT inaugurou esta quinta-feira um novo call center em Vieira do Minho e, na sexta-feira, está marcada uma greve geral dos trabalhadores da PT.

  • Protesto dos enfermeiros é "ilegal"
    2:37
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26

    Aqui há História

    Os baixios da barra do Tejo já foram cemitério de centenas de embarcações. Uma delas foi o Patrão Lopes, o navio de salvamento que saía para o mar quando todos fugiam das tempestades. Foram cinco dias em agonia até naufragar no Bugio, num caso que acabou na barra do tribunal. 80 anos depois, a SIC mergulhou no Patrão Lopes porque "Aqui Há História".

  • Sismo de magnitude 6.9 na Turquia

    Mundo

    Um forte sismo com magnitude 6.9 na escala de Richter fez-se sentir esta quinta-feira a sul da cidade turca de Bodrum. A informação foi avançada pela agência norte-americana de Geologia.