sicnot

Perfil

Economia

Webasto avança com despedimento coletivo de 90 trabalhadores

A Webasto, empresa que produz o teto retrátil do Volkswagen EOS, pretende avançar com o despedimento coletivo de 90 trabalhadores quando terminar a produção daquele veículo na Autoeuropa, disse hoje João Galvão, da Comissão de Trabalhadores.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

"A administração da empresa teve de se precaver, porque, apesar de não haver ainda informação oficial sobre o fim da produção do Volkswagen EOS, tudo indica que a Autoeuropa vai deixar de ter esse modelo no sistema de produção a partir de 03 de julho", disse o representante dos trabalhadores da Webasto.

João Galvão adiantou que a Comissão de Trabalhadores já tem um "pré-acordo" com a administração da empresa, que prevê "contrapartidas mais vantajosas para os trabalhadores do que as que estão previstas no Código de Trabalho". 

Questionado pela Lusa, João Galvão disse não ter qualquer informação da administração sobre o eventual encerramento da fábrica da Webasto, embora não exclua essa possibilidade. 

"A empresa não vai encerrar para já. Somos 107 trabalhadores e o despedimento coletivo só abrange os 90 trabalhadores da linha de produção. Possivelmente vai fechar mais tarde, mas, até agora, não nos foi comunicado o encerramento da empresa", frisou.

 O Volkswagen EOS é um carro com capota retrátil produzido na Autoeuropa desde 2006. 

Lusa
  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.