sicnot

Perfil

Economia

Bruxelas espera menos crescimento que o Governo para 2016

A Comissão Europeia espera que Portugal cresça 1,6% este ano, em linha com a previsão governamental, mas está menos otimista do que o Executivo para 2016, prevendo um crescimento de 1,8%, contra os 2% antecipados pelo Governo. 

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Nas previsões económicas da primavera, hoje publicadas, os técnicos europeus antecipam que o PIB real cresça 1,6% em 2015, uma previsão que confirma a apresentada em fevereiro e que coincide com a do Governo.


Para 2016, Bruxelas antecipa que a economia portuguesa cresça 1,8%, uma décima de ponto percentual acima do que o antecipado nas últimas projeções económicas mas dois pontos abaixo da estimativa do Governo, que espera um crescimento de 2% no próximo ano.

Bruxelas afirma que o crescimento económico está a "ganhar impulso" e que a procura doméstica deverá ser "o principal motor do crescimento", ainda que "o impacto negativo das exportações líquidas se desvaneça ao longo do horizonte da previsão".


A Comissão Europeia espera que as exportações acelerem para um crescimento de 5 a 6% este ano e no próximo, devido às previsões de crescimento positivas dos principais parceiros comerciais de Portugal e ao enfraquecimento do euro, e antecipa que as importações desacelerem em 2015 mas que recuperem em 2016, devido à "forte procura interna".


Quanto ao mercado de trabalho, Bruxelas prevê que, depois de uma criação de emprego "relativamente forte" em 2014, se verifique uma desaceleração para os 0,6% em 2015 e para os 0,7% em 2016. 


A taxa de desemprego deverá ficar nos 13,4% este ano e nos 12,6% no próximo, números que mantêm a previsão avançada por Bruxelas em fevereiro.


Depois de ter acelerado para os 0,4% em março, a inflação deverá continuar baixa nos próximos meses, tendo em conta os baixos preços da energia, mas a Comissão espera que haja "pressões em alta" no final de 2015 decorrentes dos aumentos salariais moderados e do baixo valor do euro.



Lusa
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.