sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a cair a dois anos e a subir a cinco e a dez anos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a cair a dois anos e a subir a cinco e a dez anos em relação a quarta-feira.      

(LUSA/ ARQUIVO)

Hoje, cerca das 08:40 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a subir para 2,561%, contra 2,545% na quarta-feira. O atual mínimo de sempre é 1,560% e foi registado a 13 de março passado.                                                       

Os juros a cinco anos também estavam a subir, para 1,268%, contra 1,242% na quarta-feira e o mínimo de sempre, de 0,749%, a 10 de abril passado. 


Em sentido contrário, os juros a dois anos estavam a cair para 0,127%, contra 0,146% na quarta-feira e o mínimo de sempre, 0,013%, a 13 de abril.


Depois de ter iniciado a 09 de março um programa sem precedentes de compra de dívidas soberanas e privadas, que vai permitir injetar 60 mil milhões de euros por mês, até, pelo menos, setembro de 2016, na economia da zona euro na esperança de a redinamizar, o Banco Central Europeu (BCE) manteve na quarta-feira de novo as taxas de juro inalteradas em mínimos.        


Os efeitos do programa fizeram sentir-se, por antecipação, nas taxas de juro das dívidas soberanas, que evoluem em sentido inverso ao da procura e têm renovado mínimos diariamente. Algumas das taxas tornaram-se negativas nos prazos mais curtos, ou seja, os investidores estão dispostos a pagar para deter estes títulos considerados muito seguros.   


A 17 de maio de 2014, Portugal abandonou oficialmente o resgate sem qualquer programa cautelar.


O programa de ajustamento pedido por Portugal à 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), no valor de 78 mil milhões de euros, esteve em vigor durante cerca de três anos.


Os juros da dívida soberana da Irlanda estavam positivos a dois anos e a subir em todos os prazos. Os juros de Itália estavam a cair a dois e a dez anos e a subir a cinco anos e os de Espanha estavam a descer em todos prazos. 


Em relação aos juros da Grécia, estes estavam a descer a dois anos e a subir a dez anos para valores em torno dos 21,65% e 11,2%. 



Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 8:40:

      

           2 anos... 5 anos... 10 anos 

 

Portugal 



07/05..... 0,127......1,268....2,561

06/05..... 0,146......1,242....2,545



Grécia 



07/05.....21,656....n disp...11,265

06/05.....21,821....n disp...11,242



Irlanda



07/05.......0,038.....0,554....1,361

06/05.......0,036.....0,505....1,297



Itália



07/05......0,195......0,553....1,901

06/05......0,210......0,505....1,917

 

Espanha



07/05......0,074......0,788....1,882

06/05......0,076......0,797....1,895



Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.



Lusa
  • Alertas de fogos e outras catástrofes por SMS

    País

    As operadoras de telecomunicações deverão começar já este ano a enviar mensagens de alerta em caso de catástrofes. O sistema de avisos à população deverá entrar em vigor ainda antes da época de incêndios

  • Os grandes desafios de Rui Rio, segundo Poiares Maduro
    7:43

    O ex-ministro de Pedro Passos Coelho, Miguel Poiares Maduro, falou com a SIC sobre o que reserva o futuro para o PSD e quais serão os principais desafios na área económica para a liderança de Rui Rio. O défice, a descentralização, o próximo Orçamento do Estado e a eventualidade de um bloco central foram alguns dos temas da conversa. Uma entrevista transmitida esta quarta-feira, no programa Negócios da Semana.

  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25
  • Quem é Elon Musk?
    9:42
  • Tesouros Maias e animais da Era do Gelo na maior gruta subaquática do mundo
    2:11