sicnot

Perfil

Economia

Siemens anuncia redução adicional de 4.500 empregos a nível mundial

 O grupo alemão Siemens anunciou hoje que vai suprimir 4.500 postos de trabalho adicionais em todo o mundo, além da redução de 7.800 anunciada em fevereiro, como parte de um plano de reestruturação em curso.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Lukas Barth / Reuters

O corte vai afetar cerca de 2.200 empregos na Alemanha.

A Siemens, com sede em Munique, conta atualmente com mais de 300.000 funcionários.

O presidente executivo da Siemens, Joe Kaeser, revelou em maio de 2014 que a maior empresa de engenharia da Europa pretendia cortar pelo menos 11.600 postos de trabalho, numa ação para reduzir custos de mil milhões de euros até 2016.

O anúncio dos cortes adicionais foi feito a par da apresentação dos resultados financeiros da empresa, que aumentou em 92% o lucro líquido do primeiro semestre fiscal (iniciado em outubro de 2014), até 5.004 milhões de euros, após a venda de ativos.

Só no segundo trimestre fiscal (entre janeiro e março), os lucros líquidos foram de 3.890 milhões de euros, ou seja, mais 247% do que nos primeiros três meses do ano passado, informou a empresa, que beneficiou da depreciação do euro frente ao dólar.


Lusa
  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30, marcando o reinício da sessão para as 14:15. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.