sicnot

Perfil

Economia

Presidente do Eurogrupo vê progressos nas conversações de Bruxelas com a Grécia

O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, afirmou hoje que há progressos nas conversações entre a Grécia e as instituições credoras sobre o financiamento ao país, mas disse que continua "prudente".

© Francois Lenoir / Reuters

"Estamos a trabalhar vigorosamente com os gregos nas conversações em Bruxelas e estamos a fazer progressos, mesmo que eu o diga de forma prudente", afirmou Dijsselbloem, ministro das Finanças da Holanda, em declarações a um canal de televisão holandês.

Atenas e as instituições credoras do país (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) estão há vários meses em negociações sobre as reformas que o país deverá aplicar para que seja desbloqueada uma tranche de 7,2 mil milhões de euros do empréstimo concedido ao país em 2012, no âmbito do segundo programa de resgate.

Este financiamento é considerado vital para a Grécia cumprir as suas obrigações financeiras, mas o Governo grego, liderado pelo Syriza (esquerda radical), tem manifestado reservas em relação a algumas reformas pretendidas pelos credores que contrariam as suas promessas eleitorais.

Quando for alcançado um acordo, o Eurogrupo "vai reunir-se de imediato para o analisar e esperemos que para o aprovar", afirmou Dijsselbloem.

"Por vezes é preciso que haja pressão para que sejam alcançados avanços decisivos", afirmou.






Lusa
  • Médicos e ministro da Saúde voltam hoje às negociações

    País

    O Ministério da Saúde deverá apresentar uma proposta que poderá ser decisiva para a convocação ou não de uma nova greve. O Sindicato Independente dos Médicos e a Federação Nacional de Médicos tinham anunciado, no dia 11 de agosto, que vão realizar uma greve de dois dias na primeira semana de outubro, se a nova proposta negocial não levar em conta o que reivindicam.

  • PJ de Portimão deteve italiano foragido
    0:55

    País

    A Polícia Judiciária de Portimão deteve em Lagos um homem italiano que aguardava extradição. O antigo piloto de automóveis esteve foragido durante quase um ano, depois de ter cortado a pulseira eletrónica.