sicnot

Perfil

Economia

Portugal colocou 1.000 M€ a 6 anos a taxa de juro mais baixa

Portugal colocou hoje 1.000 milhões de euros em Obrigações do Tesouro (OT) com maturidade a 6 anos a uma taxa de juro de 1,5529%, inferior à, de 1,8563%, do anterior leilão comparável, foi anunciado.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters (Arquivo)

Segundo dados da Agência de Gestão do Crédito e da Dívida Pública (IGCP), publicados na página da entidade na agência Bloomberg, a procura desta emissão, com vencimento em abril de 2021, atingiu 1.722 milhões de euros.

No anterior leilão de OT com maturidade próxima de seis anos, que se realizou em outubro do ano passado e que vence em junho de 2020, Portugal colocou 1.000 milhões de euros a uma taxa de 1,8563%.

O leilão de hoje foi o terceiro leilão de OT deste ano, depois de Portugal ter conseguido emitir um total de 2.749 milhões de euros nos dois leilões anteriores (ambos com maturidades em outubro de 2025), que se realizaram em fevereiro.


Lusa
  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.