sicnot

Perfil

Economia

Tabaco ilegal gera perdas diárias de 100 milhões de euros em impostos

O consumo de tabaco ilícito, equivalente a 12% do comércio do produto, provoca perdas diárias de 110 milhões de dólares (100 milhões de euros) aos países do mundo, revelou sexta-feira o grupo "British American Tobacco" na Guatemala.

© Aly Song / Reuters

Jerome Abelman, diretor de assuntos jurídicos da empresa produtora de tabaco, classificou a problemática como "transnacional e de múltiplas facetas" e acrescentou que segundo as suas estimativas "em matéria de impostos não pagos aos governos, os custos da venda ilícita de tabaco gera um 'prejuízo' de 50.000 milhões de dólares (45.500 milhões de euros) anuais".

Em comunicado, a organização enfatizou que as vendas ilegais de tabaco são financiadas por atividades como o tráfico de pessoas, drogas e armas e através de redes terroristas.

Por isso, sustenta a "British American Tobacco", o combate ao comércio ilegal de tabaco requer um compromisso maior dos governos e dos organismos encarregues de fazer cumprir a lei.

O tabaco ilegal integra produtos genuínos vendidos por contrabando, marcas brancas e cigarros falsificados.

No domingo é celebrado o Dia Mundial Sem Tabaco, estabelecido pela Organização Mundial de Saúde e cujo tema principal este ano é o comércio ilegal de tabaco.


Lusa
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25
  • Primeiro-ministro entrega veículos elétricos à Administração Pública
    1:46

    País

    O primeiro-ministro entregou esta terça-feira os primeiros 55 carros elétricos, de um total de 170, que vão ficar ao serviço de vários organismos da Administração Pública. António Costa e quatro ministros saíram da cerimónia, no Terminal de Cruzeiros em Lisboa, já ao volante das novas viaturas.

  • Quem é Elon Musk?
    9:42