sicnot

Perfil

Economia

Lloyds Bank condenado a pagar 160 milhões de euros a clientes

O banco britânico Lloyds, presidido pelo português António Horta Osório, foi condenado a pagar 117 milhões de libras, 160 milhões de euros,  pelo regulador financeiro do Reino Unido. 

© Toby Melville / Reuters

O escândalo remonta aos anos 1990, quando os bancos britânicos começaram a vender massivamente seguros. 

Desde 2011 que, um tribunal decidiu que os vendedores, destes seguros de crédito, têm de pagar uma compensação aos consumidores lesados.

Trata-se de uma multa recorde imposta, esta sexta-feira, pelo regulador do Reino Unido. 

O objetivo não é sancionar as falhas e erros do Lloyds, mas a forma como o banco tem gerido as queixas dos clientes.

A Autoridade de Conduta Financeira diz que, só entre março de 2012 e maio de 2013,  o banco rejeitou 37% de reclamações dos clientes. 


  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras