sicnot

Perfil

Economia

Passos garante que não está previsto corte de 600 milhões nas pensões

Passos garante que não está previsto corte de 600 milhões nas pensões

O primeiro-ministro garante que não está previsto qualquer corte de 600 milhões de euros nas pensões. Ainda assim, no debate quinzenal desta sexta-feira, Passos Coelho voltou a avisar que o falhanço de uma reforma na Segurança Social pode implicar um aumento de impostos.