sicnot

Perfil

Economia

Portas diz que Portugal é um país de moderados e não há Syriza nem Podemos

Portas diz que Portugal é um país de moderados e não há Syriza nem Podemos

O vice-primeiro-ministro diz que Portugal precisa de crescer acima dos 2% e dar o salto em termos de inovação depois de consolidada a subida no ranking da competitividade. Na conferência promovida pela CIP e pelo Comité Económico e Social Europeu, Paulo Portas deixou ainda um recado a quem acredita que os partidos radicais podem ganhar terreno nas próximas eleições, como aconteceu na Grécia, em França ou em Espanha.