sicnot

Perfil

Economia

Obama diz que a Grécia tem de fazer "escolhas políticas difíceis"

O Presidente norte-americano, Barack Obama, afirmou hoje que a Grécia vai ter de fazer "escolhas políticas difíceis" para alcançar um acordo que lhe permita acesso ao financiamento necessário.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

"Os gregos vão ter de fazer escolhas políticas difíceis que serão boas a longo prazo", afirmou o Presidente dos Estados Unidos no final da cimeira do G7, na Alemanha.

Obama insistiu, no entanto, na necessidade de a comunidade internacional ter em conta "os desafios extraordinários" com os quais o país se vê confrontado e recomendou às duas partes que mostrem "flexibilidade".

No final da cimeira do G7, a chanceler alemã, Angela Merkel, também se referiu à Grécia, considerando que "não há muito tempo" para chegar a acordo com os credores.

Atenas e as instituições credoras (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) têm dificuldade em chegar a um acordo sobre o financiamento do país, após meses de negociações. O financiamento é considerado vital para a Grécia cumprir os seus compromissos financeiros.

Os credores exigem reformas para que seja desbloqueada a tranche de 7,2 mil milhões de euros do empréstimo concedido em 2012. 

O Governo grego liderado pelo Syriza (esquerda radical) diz que quer aliviar a austeridade imposta ao país nos últimos anos e tem recusado reformas que impliquem novos cortes.









Lusa
  • A semana em revista

    Mundo

    Com a semana a chegar ao fim, a SIC Notícias apresenta-lhe, num único artigo, os destaques que marcaram a atualidade nos últimos dias. Um espaço onde pode ficar a saber, ou simplesmente recordar, os temas que marcaram a semana noticiosa.

    André de Jesus