sicnot

Perfil

Economia

Obama diz que a Grécia tem de fazer "escolhas políticas difíceis"

O Presidente norte-americano, Barack Obama, afirmou hoje que a Grécia vai ter de fazer "escolhas políticas difíceis" para alcançar um acordo que lhe permita acesso ao financiamento necessário.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

"Os gregos vão ter de fazer escolhas políticas difíceis que serão boas a longo prazo", afirmou o Presidente dos Estados Unidos no final da cimeira do G7, na Alemanha.

Obama insistiu, no entanto, na necessidade de a comunidade internacional ter em conta "os desafios extraordinários" com os quais o país se vê confrontado e recomendou às duas partes que mostrem "flexibilidade".

No final da cimeira do G7, a chanceler alemã, Angela Merkel, também se referiu à Grécia, considerando que "não há muito tempo" para chegar a acordo com os credores.

Atenas e as instituições credoras (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) têm dificuldade em chegar a um acordo sobre o financiamento do país, após meses de negociações. O financiamento é considerado vital para a Grécia cumprir os seus compromissos financeiros.

Os credores exigem reformas para que seja desbloqueada a tranche de 7,2 mil milhões de euros do empréstimo concedido em 2012. 

O Governo grego liderado pelo Syriza (esquerda radical) diz que quer aliviar a austeridade imposta ao país nos últimos anos e tem recusado reformas que impliquem novos cortes.









Lusa
  • Queixas sobre comércio online dispararam em 2017

    Economia

    A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco) recebeu 1.642 reclamações sobre compras feita pela internet em 2017, numa média de quatro queixas por dia, número que sobe para 8.538 no caso da rede social Portal da Queixa.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Mais de 60% dos jovens não usam preservativo
    1:42
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52