sicnot

Perfil

Economia

Parlamento Europeu pede minimização dos efeitos da crise em Portugal e Espanha

O presidente do Parlamento Europeu disse hoje que devem ser feitos esforços para minimizar as consequências da crise em Portugal e Espanha, no discurso em que assinalou os 30 anos dos tratados de adesão à então Comunidade Económica Europeia.

© Rafael Marchante / Reuters

A 12 de junho, esta sexta-feira, celebram-se os 30 anos da assinatura dos tratados que permitiram a Portugal e Espanha entrar na Comunidade Económica Europeia (CEE). Em Lisboa, a adesão foi assinada pelo primeiro-ministro de então, Mário Soares, numa cerimónia no Mosteiro dos Jerónimos.

O alemão Martin Schultz evocou esse momento hoje, em Estrasburgo, na abertura da sessão plenária do Parlamento Europeu, em que considerou que foi um "passo importante para as duas nações que estiveram sob ditaduras durante décadas" e que permitiu estabilizar as democracias, mas também  considerou que "nem todas as promessas e desejos se cumpriram".

Trinta anos depois e quando estes países vivem em dificuldades é tempo, afirmou, de se fazerem "cumprir as promessas" e fazer com que as "sequelas da crise sejam o menos duras possível para aqueles que mais se sacrificaram nestes dois países".

"Deve haver bem-estar para muitos e não riqueza para poucos", concluiu.

Portugal e Espanha aderiram efetivamente a 01 de janeiro em 1986, tendo ficado então a CEE com 12 Estados-Membros. Atualmente, são 28 os países que integram a União Europeia.

 








Lusa
  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN, liderado por Luis Ribeiro, deu início à leitura do acórdão pelas 10:30, com quatro arguidos ausentes do tribunal, entre os quais Oliveira Costa. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.

  • Sérgio Monteiro diz que proposta da Lone Star era a única viável
    0:35

    Economia

    Sérgio Monteiro diz que a proposta da Lone Star para comprar o Novo Banco era a única viável. Ouvido no Parlamento e em resposta ao PSD, o consultor que trabalhou com o Banco de Portugal durante o processo admite, no entanto, que há uma condição que pode inviabilizar o negócio.