sicnot

Perfil

Economia

Tsipras admite que subsistem divergências entre Atenas e Bruxelas

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, admitiu esta quinta-feira em Bruxelas, à saída de um novo encontro com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, que subsistem "divergências" entre as partes, designadamente no plano orçamental e financeiro.

Tsipras disse que as partes continuam a trabalhar para superar as "divergências" ainda existentes, "em particular no plano orçamental e financeiro", de modo a alcançar um acordo entre Atenas e os credores internacionais.

Tsipras disse que as partes continuam a trabalhar para superar as "divergências" ainda existentes, "em particular no plano orçamental e financeiro", de modo a alcançar um acordo entre Atenas e os credores internacionais.

STEPHANIE LECOCQ / Lusa

Em declarações à saída de uma nova reunião com Juncker - a segunda no espaço de dois dias, à margem da cimeira UE-Celac (América Latina) celebrada na capital belga -, Tsipras disse que as partes continuam a trabalhar para superar as "divergências" ainda existentes, "em particular no plano orçamental e financeiro", de modo a alcançar um acordo entre Atenas e os credores internacionais. 

Fonte comunitária indicou, por seu lado, que a reunião, de cerca de duas horas, foi "construtiva", e adiantou que Juncker e Tsipras manter-se-ão "em contacto próximo ao longo dos próximos dias".  

O novo encontro bilateral de hoje teve lugar imediatamente após a cimeira UE-Celac, finda a qual o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, comentou, na conferência de imprensa, que é tempo de acabar com "os jogos".

Apontando que, até agora, tem sido "discreto, moderado e neutro", Tusk disse ser tempo de tomar "decisões" e opinou que cabe ao governo grego ser "um pouco mais realista" para conseguir um acordo com os seus parceiros. 

Tusk sustentou que o próximo Eurogrupo (reunião dos ministros das Finanças da zona euro, agendada para 18 de junho no Luxemburgo) deve ser "decisivo", porque "não há mais tempo", e é necessário terminar o "jogo" a que se tem assistido nos últimos meses, com constantes avanços e recuos nas negociações entre Atenas e os seus credores em torno da aplicação de um programa de reformas por parte da Grécia que permita o desembolso da ajuda financeira.

Pouco antes, na conferência de imprensa diária do executivo comunitário, o porta-voz da Comissão, Margaritis Schinas, referira que a reunião de quarta-feira entre Juncker e Tsipras serviu para ambos "restabeleceram a sua relação pessoal", que tinha 'arrefecido' há exatamente uma semana, depois de uma sessão negocial no dia 03 de junho sobre a procura de uma solução para o país, à beira do incumprimento.

Em causa continua a estar um acordo entre Atenas e os seus credores internacionais em torno das reformas com as quais o governo de Tsipras se deve comprometer para ter direito ao desembolso de 7,2 mil milhões de euros, uma parcela da assistência financeira suspensa há meses. 
Lusa
  • Trump convida Putin a visitar EUA

    Mundo

    O Presidente dos EUA, Donald Trump convidou o homólogo russo a visitar a Casa Branca e Vladimir Putin ter-se-á mostrado disponível a visitar o país em breve, segundo a agência de notícia russa RIA Novosti que cita o chefe da diplomacia de Moscovo.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada.

  • 45 anos de Partido Socialista
    3:31

    País

    O PS completou 45 anos esta quinta-feira. Acaso ou não, a festa aconteceu um dia depois de terem ficado concluídos dois acordos com o PSD que fazem renascer o debate sobre o posicionamento ideológico do partido socialista.

  • Senado aprova à tangente novo diretor da NASA

    Mundo

    O Senado norte-americano aprovou na quinta-feira, à tangente, a nomeação do novo diretor da agência espacial norte-americana, com 50 votos favoráveis contra 49, colocando à frente da NASA um cético das alterações climáticas, adiantou a Efe.

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
    Mudar de Vida

    Mudar de Vida

    5ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    No "Mudar de Vida" desta quinta-feira damos a conhecer mais um caso de quem teve coragem de arriscar e procurar um novo futuro. Susana Moraes é uma economista que decidiu seguir a paixão pela dança. 

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16
  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC