sicnot

Perfil

Economia

Reestruturação da TAP vai avançar antes dos novos donos entrarem na companhia

Reestruturação da TAP vai avançar antes dos novos donos entrarem na companhia

A reestruturação da TAP vai avançar antes dos novos donos entrarem na companhia. A atual administração vai manter-se até à venda e vai refazer o plano de ajustamento que vai implicar a suspensão de rotas que não são rentáveis. O consórcio que venceu a privatização queria ser indemnizado no caso de António Costa vencer as eleições e cancelar o negócio, mas o atual Governo não aceitou a exigência.

  • Nuno Magalhães diz que era altura do PS cooperar com o Governo
    2:06

    Economia

    O socialista Jorge Coelho, que fez parte do Governo de António Guterres, avisou esta quinta-feira que o processo de venda da TAP não está terminado, sugerindo que a decisão pode ser alterada. Foi na Quadratura do Círculo, da SIC Notícias em que Pacheco Pereira lembrou que a única coisa que se sabe é que o negócio foi feito à pressa, e Nuno Magalhães, líder parlamentar do CDS-PP, disse que já era tempo de o PS cooperar com o Governo.

  • Reestruturação da TAP vai ser ajustado mas pode implicar despedimentos
    0:50

    Economia

    Fernando Pinto vai ficar na TAP até que os novos donos entrem na companhia, o que pode acontecer só no princípio do próximo ano, já que, para o negócio se concretizar, falta ainda o "OK" da Autoridade da Concorrência e de Bruxelas. Até lá, a companhia vai arrumar a casa. Ao que a SIC apurou, o plano de reestrutração, que já estava previsto, vai ser reajustado mas vai mesmo entrar em vigor antes dos novos donos entrarem em ação. Esta reestrturação passa, por exemplo, pela suspesnão de rotas, o que pode levar a que a companhia fique com trabalhadores a mais, e que seja preciso prescindir de alguns, ainda que a hipótese não seja admitida, por agora, pelo secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro.

  • Albuquerque e Portas pedem coerência ao PS sobre venda da TAP
    1:37

    Economia

    A ministra das Finanças defende que a privatização da TAP assegura a sobrevivência e o crescimento da empresa. Maria Luís Albuquerque apela ao PS para que cumpra o compromisso que assumiu no memorando de entendimento do resgate financeiro. Paulo Portas também recomenda coerência aos socialistas.

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".

  • O regresso a casa depois do incêndio no Sardoal
    2:43
  • Cerca de 20 mil portugueses vivem em Barcelona
    1:44