sicnot

Perfil

Economia

Inflação baixa para 0,3% na zona euro e UE em maio

A taxa de inflação homóloga na zona euro e na União Europeia (UE) estabeleceu-se em 0,3% em maio, abaixo dos 0,5% e dos 0,6% do mesmo período de 2014, respetivamente, divulga hoje o Eurostat. 

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

De acordo com o gabinete de estatísticas da UE, a taxa de inflação subiu na comparação com abril, mês em que a variação homóloga foi de 0,0%, quer no grupo dos 19 países da moeda única, quer no conjunto dos Estados-membros.

Em Portugal, a taxa de inflação homóloga em maio, que compara os preços nesse mês com o mesmo mês do ano anterior, foi de 1%, quando em abril tinha sido de 0,5%.

Oito Estados-membros apresentaram em maio taxas de inflação homólogas negativas: Chipre (-1,7%), Grécia (-1,4%), Eslovénia (-0,8%), Polónia (-0,6%), Bulgária, Espanha (-0,3% cada), Lituânia e Eslováquia (-0,1% cada).

Por outro lado, as taxas mais elevadas registaram-se na Roménia, em Malta (1,3% cada) e na Letónia (1,2%).

Face aos valores de abril, a inflação baixou em dois Estados-membros, manteve-se estável em três e aumentou em 23.

Analisando as principais componentes da inflação, na zona euro, o maior aumento de preços verificou-se no setor dos legumes, restaurantes e cafés e tabaco, enquanto o impacto negativo veio dos combustíveis e gás.

A baixa inflação tem impactos significativos na evolução da economia. Preocupado com isso, o Banco Central Europeu (BCE) tem em marcha um programa de compra de ativos em larga escala para combater a deflação e estimular a economia.

O BCE tem como mandato uma taxa de inflação da zona euro inferior, mas próxima, dos 2%.


Lusa
  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagas as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Presidente da Câmara de Nova Iorque confirma "atentado terrorista falhado"
    0:29
  • Israel volta a bombardear posições do Hamas em Gaza

    Mundo

    O exército israelita voltou a bombardear esta segunda-feira posições do movimento Hamas na Faixa de Gaza em resposta ao lançamento de projéteis em direção a Israel pelas milícias palestinianas, informou um comunicado militar.

  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.