sicnot

Perfil

Economia

Grécia prepara novo plano de reformas para chegar a acordo

© Alkis Konstantinidis / Reuter


De acordo com a informação avançada pela televisão privada Mega, o novo plano manteria os três tipos de imposto sobre o consumo (IVA), de 6,5%, 13% e 23%, propostos já por Atenas, ao contrário dos dois que defendem as instituições internacionais, mas a Grécia está disposta a alterar o imposto sobre alguns alimentos ou hotéis para aumentar as receitas fiscais.

No que respeita as pensões, que em conjunto com o IVA representa um dos pontos onde existe maior desacordo entre a Grécia e os seus credores, o governo de Alexis Tsipras estaria disposto a acabar com as reformas antecipadas a partir do próximo ano, poupando cerca de  200 milhões de euros.

Além disso, segundo a televisão, a parte grega admitiria estudar a redução das pensões complementares mais elevadas de alguns funcionários, embora estes representem apenas 80.000 do total, o que representa um impacto pequeno.

Por sua vez, as instituições - Comissão Europeia, Banco Central Europeu (BCE) e Fundo Monetário Internacional (FMI) - exigem um corte das pensões que represente um encaixe de 1.800 milhões de euros, cerca de 1% do produto interno bruto (PIB) em 2016.

O governo grego também estaria disposto a manter o polémico imposto sobre a propriedade imobiliária, denominado de Enfia, que se tinha comprometido a eliminar este ano.

Este novo plano deverá ser apresentado nas próximas horas, na sequência da esperada conversa telefónica que Tsipras terá hoje com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

A questão chave para o executivo grego passa pela aceitação, por parte dos credores, de uma reestruturação da dívida, ao mesmo tempo que insiste em não permitir o fim da Ekas (subsídio para os reformados) e a subida em 10 pontos percentuais no IVA sobre a eletricidade.

Esta proposta será debatida hoje em Conselho de Ministros.

Segundo os media locais, durante o dia o primeiro-ministro grego poderá ainda falar com a chanceler alemã, Angela Merkel, e com o Presidente francês, François Hollande, em antevisão da reunião europeia de segunda-feira.

De acordo com as mesmas fontes, o ministro de Estado, Nikos Pappas, e alguns membros da equipa negociadora grega estão já em Bruxelas, refere a Efe.


  • Incerteza na Grécia
    1:48

    Economia

    Na Grécia estão agendadas, para este fim-de-semana, várias reuniões técnicas. Jean-Claude Juncker já tinha admitido telefonar a Tsipras e esta manhã um ministro grego terá admitido que há mesmo uma conversa marcada entre o presidente da Comissão Europeia e o primeiro-ministro grego. Tsipras regressou hoje da visita oficial à Rússia.

  • Reunião do governo grego termina em silêncio
    1:52

    Economia

    Este fim-de-semana é de tensão na Grécia, antes do Eurogrupo e da cimeira extraordinária de segunda-feira.O governo grego esteve reunido durante tarde num encontro de última hora, mas que acabou sem qualquer comentário. Nas ruas de Atenas, para já, o ambiente é de tranquilidade, mas amanhã haverá uma manifestação convocada pelo Syriza.

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.