sicnot

Perfil

Economia

Humberto Pedrosa diz que quer fazer da TAP a melhor companhia da Europa

Humberto Pedrosa diz que quer fazer da TAP a melhor companhia da Europa

O empresário português Humberto Pedrosa, que integra o consórcio que venceu a corrida à privatização da TAP, afirmou hoje que quer tornar a companhia aérea na melhor da Europa e que está nos negócios "para ficar". O dono do grupo Barraqueiro, que hoje assinou o contrato para a venda de 61% da TAP juntamente com o empresário norte-americano e brasileiro David Neeleman, garantiu que está empenhado em transformar a TAP num projeto de longo prazo, ambicioso, "mas sólido e realista" e que quer fazer da companhia "a melhor da Europa".

  • Ministra das Finanças reitera que venda é a única solução para a TAP
    0:53

    Economia

    A ministra das Finanças diz que a venda de 61% da TAP ao consórcio da Gateway é a única solução para manter a companhia aérea tal como a conhecemos hoje. Maria Luís Albuquerque sublinha que esta é a única forma de garantir a continuidade do serviço público e manter o valor estratégico que reoresenta na economia do país.

  • Neeleman pede aos portugueses para confiarem nos novos donos da TAP
    1:36

    Economia

    O novo dono da TAP fez questão de deixar uma mensagem ao povo português para que confie neste novo consórcio que vai abrir um novo capítulo na história da companhia aérea portuguesa. David Neeleman traçou um cenário de crescimento numa empresa que funciona como entrada na Europa e que o empresário acredita desde já que vai ainda além do compromisso estipulado com o governo português.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Governo quer reduzir gastos com papel na função pública
    1:08

    Economia

    O Governo proibiu a livre utilização das impressoras pelos funcionários públicos. O ministro das Finanças quer assim reduzir em 20% a despesa em consumo de papel e, ao mesmo tempo, minimizar a perigosidades dos resíduos produzidos com as impressoras, no Estado.