sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a subir em todos os prazos

Os juros da dívida de Portugal estavam hoje a subir a dois, cinco e a dez anos, alinhados com os da Irlanda, Itália e Espanha, fortemente pressionados pela crise na Grécia.            

(LUSA/ ARQUIVO)

Os juros da Grécia a dez anos estavam hoje, cerca das 8:45 em Lisboa, a 14,640%, depois de terem terminado a 10,845% na sexta-feira, estando indisponíveis a dois anos.  

Hoje, cerca das 08:45 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a subir para 2,928%, contra 2,718% na sexta-feira e depois de terem subido até aos 3,253% a 15 de junho, um máximo desde meados de outubro. O atual mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.                                                                                                   

No mesmo sentido, os juros a cinco anos estavam a subir, para 1,609%, contra 1,450% na sexta-feira, depois de terem subido a 16 de junho até aos 1,927%, um máximo desde meados de outubro de 2014, e descido para o mínimo de sempre, de 0,749%, a 10 de abril.         

Os juros a dois anos também estavam a subir para 0,140%, contra 0,034% na sexta-feira, mas abaixo do máximo dos últimos seis meses, de 0,541%, registado a 29 de dezembro de 2014.     

O atual mínimo de sempre dos juros a dois anos, de 0,013%, foi atingido a 13 de abril passado.     

Os juros das dívidas soberanas europeias estão a ser pressionados para a alta devido à ausência de acordo entre a Grécia e os credores internacionais, que pode desencadear a saída de Atenas da zona euro, e mais do que anular o programa de estímulos em curso do Banco Central Europeu. 

Depois de ter iniciado a 09 de março passado um programa inédito de compra de dívidas soberanas e privadas, que vai permitir a injeção de 60 mil milhões de euros por mês, até, pelo menos, setembro de 2016, na economia da zona euro, na esperança de a redinamizar, o Banco Central Europeu (BCE) manteve as taxas de juro inalteradas em mínimos na última reunião de política monetária de 03 de junho.              

Uma eventual saída da Grécia da zona euro pode afetar negativamente Portugal, que a 17 de maio de 2014 abandonou oficialmente o resgate sem qualquer programa cautelar.

O programa de ajustamento pedido por Portugal à 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), no valor de 78 mil milhões de euros, esteve em vigor durante cerca de três anos.

Hoje, os juros da dívida soberana da Irlanda estavam a subir em todos os prazos, bem como os de Itália e de Espanha. 

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:45:
  

           2 anos... 5 anos... 10 anos 


Portugal 



29/06..... 0,140......1,609....2,928

26/06..... 0,034......1,450....2,718



Grécia 



29/06.....n disp ....n disp...14,640

26/06.....n disp ....n disp...10,845



Irlanda



29/06.......0,137.....0,656....1,665

26/06.......0,132.....0,647....1,663



Itália



29/06......0,434......1,224....2,317

26/06......0,297......1,060....2,150

 

Espanha



29/06......0,442......1,081....2,256

26/06......0,296......0,948....2,110



Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.



Lusa
  • As confissões de Sérgio Conceição: do futuro no FC Porto à zanga com Rui Vitória 
    43:14
  • Marcelo descobre que vê mal "ao longe à esquerda"
    2:05

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa recebeu uma declaração dos médicos contra a despenalização da eutanásia. A audiência ao atual bastonário e cinco antecessores acontece a uma semana do tema ir a debate no Parlamento, e no dia em que o Presidente da República foi a estrela do Dia da Segurança Infantil. Marcelo aproveitou para fazer um rastreio à visão e concluiu que tem que estar "atento", à esquerda, ao longe".

  • PS "vai ficar em banho-maria durante anos" por causa de Sócrates
    0:59

    País

    Miguel Sousa Tavares considera que o PS vai ficar em "banho-maria" durante anos por causa de José Sócrates. Em entrevista na SIC Notícias, o comentador criticou os dirigentes socialistas pela forma como se tentaram demarcar do ex-primeiro-ministro e disse que António Costa devia ter tomado uma atitude mais concreta.

  • Sabia que pode emprestar dinheiro a empresas e ganhar 7% em juros por ano?
    8:05
  • É desta que provam a existência do monstro de Loch Ness?

    Mundo

    Para muitos, o monstro de Loch Ness não passa de uma lenda. A verdade é que a existência ou não desta criatura mística continua a suscitar debates entre aqueles que acreditam e os cépticos. Uma equipa internacional de investigadores quer responder finalmente à questão através da recolha de ADN ambiental do Loch Ness, na Escócia.

    SIC